Simultaneamente à exposição Quadrinhos, em cartaz até o dia 31 de março, o Museu da Imagem e do Som (MIS) realiza uma programação paralela relacionada à mostra que conta com cursos e clubes de leitura. Entre os eventos - que custam entre R$ 80 e R$ 180 a depender da quantidade de encontros -, destacam-se oficinas de criação de personagens, lições sobre jornalismo em quadrinhos, palestras a respeito da história do século 20 pela perspectiva da arte sequencial ou aulas que relacionam quadrinhos e psicologia. Durante o período de férias, o MIS realiza também leituras coletivas gratuitas. Na próxima sexta-feira, 18, serão lidos Maus, romance gráfico clássico de Art Spiegelman que reconta o holocausto e foi premiado com o Pulitzer; e Palestina - Uma Nação Ocupada, reportagem de Joe Sacco, que passou meses na Faixa de Gaza e contou sua experiência no formato de quadrinhos. A leitura prévia das obras não é necessária. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.