20172002_cesta_basica_google

Em janeiro, o aumento na cesta básica superou o de dezembro de 2018

Reprodução

No mês de janeiro, o valor da cesta básica teve aumento em relação ao mês anterior de acordo com o Núcleo De Pesquisas Econômico-Sociais (Nupes) da Universidade de Taubaté(Unitau). É o segundo mês consecutivo de aumento.

A pesquisa foi feita com base em São José dos Campos, Taubaté, Caçapava e Campos do Jordão. O Nupes calcula o custo da cesta básica recomendada para uma família com cinco pessoas.

Em novembro, foi registrado uma pequena queda de -0,48% após de dois meses de aumento. Em dezembro de 2018, a cesta básica voltou subir (1,54%). Já em janeiro, o Nupes registrou um novo aumento de 1,74% chegando ao patamar de R$ 1.600,64.

Em janeiro, os produtos que tiveram maior aumento foram a cenoura (+35,13 %), abobrinha (+17,47 %) e feijão (+16,69 %). Os principais motivos do aumento são o grande volume de chuva e temperaturas elevadas que atrapalharam as colheitas.

Em contrapartida, alguns produtos registraram uma queda significativa nos preços como: tomate (-11,12 %), ovos (- 3,80 %) e queijo (- 3,66 %). De acordo com o Nupes, houve aumento na oferta dos produtos principalmente por conta das condições climáticas que favorecem a safra de verão.