sol_umidade_baixa_agencia_brasil

Taxa abaixo dos 30% é considerada estado de alerta

Reprodução/Agência Brasil

A umidade relativa do ar deve cair para 20% na tarde desta quarta-feira (11) em cidades da RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte). De acordo com a Defesa Civil, o índice estará abaixo do recomendado e exige cuidados com a saúde.

Segundo o meteorologista do Cptec/Inpe (Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos) Diogo Arsego, as temperaturas continuarão altas, o que provoca baixa umidade do ar.

“Temos uma massa de ar mais seco que domina grande parte do Brasil, por isso vemos condições de temperaturas mais elevadas, com pouca nebulosidade, máximas acima dos 30ºC e umidade muito baixa, entre 20% e 25%. A umidade considerada ideal é de 60%”, informa.

Ainda de acordo com o meteorologista, não há anormalidades em relação a essa condição do tempo. “É uma característica comum o clima esquentar e ficar seco nessa época. Na semana passada vivemos uma situação um pouco fora do padrão que esperamos para esta época do ano”, disse.

Na semana que vem, a expectativa é que a RMVale seja atingida por uma frente fria vinda do Litoral Norte. Segundo Arsego, o fenômeno vai resultar em queda da temperatura, que deverá ficar entre 26ºC e 27ºC em Taubaté e São José dos Campos. Por conta desta frente fria, a tendência é de que a umidade do ar aumente, porém, no sábado (14), as condições de clima seco irão permanecer.

“Vamos ter uma mudança novamente, uma condição fria vinda do oceano para o Litoral Norte vai trazer aumento da nebulosidade pra todo o Vale. Na sexta estaremos com máximas entre 26ºC e 27ºC e aumento de nebulosidade e umidade. No sábado começa o tempo mais seco novamente, as temperaturas sobem e a umidade volta a ficar baixa”, completou o meteorologista.

No decorrer desta semana as temperaturas permanecem elevadas e os termômetros podem chegar aos 33ºC. Em algumas cidades da região, como São José dos Campos, Aparecida e Guaratinguetá, as temperaturas podem chegar até 35ºC e não há previsão de chuva.

Problemas com a saúde

A Defesa Civil alerta para os problemas relacionados à saúde respiratória em razão da baixa umidade relativa do ar. De acordo com parâmetros do órgão, quando a situação do ar fica entre 12 e 20%, é considerado estado de alerta. Confira os cuidados que devem ser tomados com a umidade baixa (veja abaixo). 

-Suprimir exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10 e 16 horas;
-Consumir água à vontade;
-Evitar aglomerações em ambientes fechados;
-Usar soro fisiológico para olhos e narinas;
-Umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, molhamento de jardins, etc.;
-Sempre que possível permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas, etc.