5º BIL Exercito Lorena abril 2018 4.jpg

Militares do 5º BIL de Lorena  seguiram para o Rio nesta segunda-feira

Tânia Campelo/Meon

Cerca de 450 militares da 12ª Brigada de Infantaria Leve , de Caçapava, seguiram para o Rio de Janeiro para reforçar a segurança pública da capital fluminense, nesta segunda-feira (16). Cerca de 250 soldados saíram do 5º Batalhão de Infantaria Leve de Lorena. 

As tropas têm como principal objetivo patrulhar e fazer abordagens em vias públicas e favelas. Muitos soldados que saíram da região fazem parte do chamado 'efetivo profissional' --já participaram de missão no Haiti ou de operações especiais durante a Copa do Mundo ou Jogos Olímpicos.

No início de abril, os militares de Lorena também foram submetidos a um intenso treinamento no Centro de Instrução de Operações de Garantia da Lei e da Ordem, em Campinas. O principal objetivo do treino é garantir a eficiência das ações reduzindo a zero os danos colaterais à população.

Além dos militares de Lorena, também compõem as tropas soldados dos batalhões de Pindamonhangaba, Barueri e Osasco, todos subordinados à 12ª Brigada de Caçapava.

A cada 15 dias haverá revezamento dos militares, mas a partir de agora sempre haverá tropas da região junto ao comando da intervenção federal no Rio. Além dos soldados, 59 viaturas e 39 motos da 12º Brigada de Caçapava serão usados em operações do Exército em municípios fluminenses.