procon_sao_jose_dos_campos

Consumidor que deseja restabelecer sinal da Sky neste plano pode procurar o Procon de Sâo José

Divulgação

Um acordo entre o Procon de São José dos Campos e a Sky garantiu a um grupo de assinantes do plano Sky Livre a gratuidade em canais abertos nos receptores digitais.

Em uma reunião que durou mais de quatro horas foi selado o acordo que vai beneficiar clientes da Sky que moram em São José dos Campos e entraram com reclamação no Procon. Participaram do encontro, realizado na quinta-feira, representantes do órgão municipal de defesa do consumidor, Ministério Público Estadual e da empresa de TV por assinatura. 

Segundo a assessoria de imprensa do Procon, de 1º de janeiro a 28 de março, 151 consumidores joseenses registraram queixas no órgão municipal contra a Sky por exigir valor mínimo de R$ 16,90 mensais para liberar os canais abertos nos receptores digitais vendidos e comercializados dentro da proposta de prestação de serviço Sky Livre. A promessa inicial se embasava em oferecê-los de forma gratuita, sem condicionar o fornecimento a qualquer tipo de recarga obrigatória.

Dentro da proposta de prestação de serviço Sky Livre, o consumidor que adquiriu os equipamentos – como antena, receptor e demais produtos – assim o fez porque havia inicialmente a promessa de que os canais abertos seriam fornecidos de forma gratuita. Somente haveria recargas para a grade de programação fechada.

Pelo acordo, segundo a assessoria de imprensa do Procon São José, a empresa se comprometeu a liberar os canais abertos a partir de 12 de abril, sem condicionar qualquer recarga – inicialmente pelo período de três meses –, aos consumidores que tenham adquirido os produtos Sky Livre e sejam residentes e com serviços ativos em São José dos Campos, incluindo o distrito de São Francisco Xavier.

Para ter esse direito, basta que o assinante procure o Procon Municipal e abra uma queixa para pedir o restabelecimento do sinal.

Para os consumidores que já entraram com reclamação, a Sky mantém a promessa de disponibilizar os canais abertos por três meses ou período maior que tenha assumido com o consumidor. Também ficou combinado que haverá outra reunião dentro de um mês para dirimir as questões que não puderam ser esclarecidas.

O Procon Municipal funciona no prédio do antigo Fórum, na rua Paulo Setúbal, 220, São Dimas, com entrada pela avenida José Longo. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Mais informações pelo telefone 151 ou 3909-1440 e na página do Procon no site da prefeitura.