travessia_por_lancha

Transporte funcionava desde a última sexta-feira

Nome do fotógrafo

A Prefeitura de São Sebastião comunicou que o serviço de transporte emergencial por embarcações marítimas entre a Costa Norte e a região central foi suspenso nesta quinta-feira (23). O transporte por lanchas foi disponibilizado aos moradores desde a última sexta-feira (17), em razão da queda de barreira no km 118 da Rodovia Rio-Santos.

A Prefeitura justifica que os embarques, que eram feitos entre a Praia das Cigarras e o Píer do bairro São Francisco, foram encerrados porque os trabalhos de monitoramento e segurança da operação está sob responsabilidade do DER (Departamento de Estradas e Rodagem).

Até esta quarta-feira (22) mais de 45 mil pessoas foram atendidas pelo serviço, que funcionava 24 horas por dia. As viagens eram feitas por 10 embarcações a cada 20 minutos.

Em Ilhabela, o serviço permanece aos moradores que necessitam acessar as regiões  central ou sul do arquipélago. Cinco embarcações e uma escuna fazem o transporte da população. Na cidade, a Rodovia SP-131 foi bloqueada depois de um desmoronamento de terra, o que deixou a lado sul da ilha ilhado.

Bloqueio na Rodovia Rio-Santos

A Rodovia Rio-Santos está interditada desde a manhã do último sábado (18), quando ocorreu uma queda de barreira no km 118, região da Praia das Cigarras, em razão das chuvas que atingiram o Litoral Norte.

Por falta de estabilidade do solo e risco de novos deslizamentos, a Prefeitura não pode fazer a limpeza no local. Nesta quarta-feira, o DER assumiu os trabalhos no trecho e realizava a remoção do material rochoso, ao mesmo tempo em que finalizava estudos e levantamentos topográficos para recomposição do talude que cedeu.

A rodovia é liberada parcialmente, em sistema pare e siga, entre as 12h e 13h e das 18h às 8h do dia seguinte.