mercado_2

Tomate, cenoura e a batata puxaram a queda

Reprodução/Arquivo

A cesta básica ficou mais barata na RMVale pelo quarto mês consecutivo ao fechar agosto em R$ 1.648,05. O valor representa queda de 1,93% na comparação com julho. Entre os produtos mais em conta estão o tomate, a cenoura e a batata.

Os dados foram divulgados na segunda-feira (9) e fazem parte da pesquisa mensal realizada pelo Núcleo de Pesquisas Econômicos-Sociais (Nupes), da Universidade de Taubaté.

Entre as cidades da região, Campos do Jordão teve a cesta mais barata em agosto, com R$ 1.635,47. Já a mais cara é a de Taubaté, que fechou o mês com preço médio de R$ 1.662,60.

De acordo com o Nupes, a queda pode ser justificada pelo fato de os produtores serem influenciados por condições climáticas favoráveis ao cultivo de produtos alimentícios e pelos níveis de renda menores dos consumidores.

A cesta básica é composta por 47 itens, sendo 32 de alimentação, cinco de higiene pessoal e sete de limpeza doméstica.

Produtos mais baratos

Puxaram a queda o tomate, que apresentou retração de 30,59%; a cenoura (19,48%); e a batata (10,24%). Já os vilões da cesta estão a cebola, com alta de 6,7%; a banana nanica (4,74%);  e o alho (4,4%).