20141001_dig_fachada_delegacia_flavio_pereira_1_de_2_2

Operação foi realizada em conjunto com a seccional de São José dos Campos

Reprodução/Flávio Pereira/Arquivo

A Polícia Civil de São José dos Campos cumpriu mandado de busca e apreensão em um apart hotel de luxo, no Jardim Aquarius, em São José dos Campos, na manhã desta segunda-feira (15). No local, um casal foi preso no dia 3 de abril acusado de desviar mais de R$ 20 milhões da saúde de três cidades do interior de São Paulo.  

Nesta segunda-feira aconteceu a segunda etapa da Operação Pégaso, deflagrada pela 78ª DP de Fonseca, em Niterói (RJ), que cumpre mandados de prisão e busca e apreensão contra uma organização criminosa responsável por esquema interestadual de lavagem de dinheiro.

Casal preso em São José

Na última semana, o médico patologista L.T.S.J, de 39 anos, e sua esposa, L.B.R.S, de 37, foram localizados após operação conjunta de policiais do Rio de Janeiro e da seccional de São José dos Campos. O casal era procurado pela Polícia Federal acusado por desvios das prefeituras de Cajamar, São Roque, Barueri e Campo Limpo, todos paulista.

Segundo as investigações, os dois eram responsáveis por uma organização social que administrava diversos hospitais no interior de São Paulo. Ocupando cargos de direção, eles conseguiam desviar a verba para a compra de operadora de planos de saúde usando os nomes da empregada doméstica e do motorista da família, como laranjas para a transação financeira.