*Atualizado em 03 de Outubro de 2019 às 17h14.

A Polícia Militar resgatou uma adolescente de 17 anos que seria morta em Caçapava na tarde desta quinta-feira (3). O companheiro da vítima e dois homens iriam executar a vítima por suspeita de traição. Eles foram presos na residência do casal no bairro Parque Novo Horizonte, zona leste de São José dos Campos.

Segundo a PM, a vítima teria saído de casa de manhã para levar o celular na assistência técnica e, ao retornar, seu companheiro, de 26 anos, teria começado uma briga por ciúmes. O homem teria chamado dois amigos para executá-la pelo 'tribunal do crime' e enquanto eles não chegavam, o casal entrou em luta corporal.

A vítima conseguiu acionar a polícia por telefone, e uma equipe que fazia patrulhamento pelo bairro foi ao local e entrou na casa. Enquanto a PM estava na residência, um homem de 36 anos chegou com o carro que levaria a jovem para a execução. Os dois receberam voz de prisão, o terceiro, de 25 anos, chegou com uma arma, e também foi preso.

No local, os policiais apreenderam uma arma de fogo cheia de munições, uma faca, quatro celulares e três veículos.

A adolescente teria informado à polícia que os três homens fazem parte da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). O casal estava junto desde o início do ano.

Segundo a PM, dois dos suspeitos já possuíam antecedentes criminais.

Até a publicação desta reportagem, a ocorrência estava em andamento pela Delegacia da Mulher de São José dos Campos.