ozires

Legenda da foto

Arquivo/Meon

A Assembleia Legislativa de São Paulo vai homenagear Ozires Silva, coronel da aeronáutica e engenheiro militar formado pelo ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica). Ozires vai receber, nesta segunda-feira (19),  o Colar de Honra ao Mérito Legislativo do Estado de São Paulo. A sessão solene está marcada para ter início às 20h e vai acontecer no auditório Juscelino Kubitschek. 

Ozires Silva tem 88 anos e foi um dos responsáveis por ter colocado o Brasil na rota mundial da aviação, da engenheira e da indústria aeronáutica e aeroespacial. Por isto, segundo a assessoria de imprensa da deputada, o coronel e engenheiro será homenageado.  

O colar será entregue pela deputada estadual Letícia Aguiar (PSL), de São José dos Campos, que defendeu a atuação engenheiro. “Realmente o coronel Ozires Silva é, sim, um dos heróis nacionais que o Brasil tem e um grande gênio da aviação e indústria aeroespacial. Ele, que foi um dos fundadores da Embraer, terá meu apoio e reconhecimento aos serviços prestados ao Vale do Paraíba, ao Brasil e ao mundo”, disse.

A homenagem acontece no mesmo dia em que a fabricante de aeronaves brasileira celebra seus 50 anos de fundação. Nesta segunda-feira, a Embraer promoveu uma festa na sede da empresa, em São José dos Campos. 

Ozires Silva

Nascido em Bauru (SP), Ozires Silva se destacou por sua contribuição no desenvolvimento da indústria aeronáutica brasileira, liderando a equipe que projetou e construiu o avião Bandeirante -- o primeiro desenvolvido e produzido no Brasil – e, em 1969, ficou à frente do grupo que promoveu a criação da Embraer.

Ozires Silva deu início também à produção industrial de aviões no Brasil e presidiu a Embraer até 1986, quando aceitou o desafio de ser presidente da Petrobras, onde atuou até 1989.

Em 1990, assumiu o Ministério da Infraestrutura e, em 1991, retornou à Embraer, desempenhando um papel importante na condução do processo de privatização da empresa, concluído em 1994.