torres_argon_foto_claudio_vieira_pmsjc_1

O lance mínimo é a entrega de 65 apartamentos prontos

Reprodução/PMSJC

Nesta quarta-feira(5), a Prefeitura de São José dos Campos divulgou um novo edital para o leilão das ‘Torres da Argon’ na orla do Banhado, região central. Desta vez, o vencedor não pagará pelas as torres em dinheiro, mas sim com a construção de apartamentos. O lance mínimo é a entrega de 65 unidades habitacionais prontas, o que é equivalente a R$ 8,6 milhões com base no valor de residências do programa 'Minha Casa, Minha Vida' - R$ 133 mil.

As regras do leilão do empreendimento foram alteradas com a intenção de atrair mais interessados. O vencedor será quem ofertar o maior número de unidades habitacionais. O novo edital prevê que a construtora não precisará pagar o lance em dinheiro, o pagamento será a entrega dos próprios apartamentos.

Os apartamentos entrarão no programa habitacional do município. A Prefeitura afirmou que ainda não foi definido se os apartamentos serão destinados à para os moradores do Banhado ou de outras regiões da cidade.

As duas torres tem capacidade para 256 unidades habitacionais. A estrutura dos prédios foi avaliada pela Caixa e considerada de excelente qualidade. 

Os prédios estão abandonados há mais de 20 anos na orla do Banhado, após falência da empresa responsável. Já foram feitos dois leilões do empreendimento, um em novembro de 2019 e outro online encerrado no dia 21 de maio. Em ambos não houve nenhum lance.

Os lances online do novo leilão já estão liberados no site Superbid. O prazo para as propostas termina às 15h do dia 1 de julho. Até o fechamento desta reportagem às 19h12 do dia 5 de junho, nenhum lance havia sido ofertado.