Boatos da volta da greve dos caminhoneiros tomaram conta das redes sociais  e deixaram os moradores da RMVale apreensivos.  Muitos motoristas fizeram filas em postos de gasolina de Taubaté desde domingo (2). 

No município foram registradas filas em postos de combustíveis do bairro Independência, Chácara do Visconde,  Jardim Maria Augusto, centro e Vila São Geraldo. 

O Sindtac (Sindicato dos Transportadores Autônomos de Cargas do Vale do Paraíba) informou que é falsa as informações que uma nova paralisação dos trabalhadores está marcada para está segunda-feira.

De acordo com o sindicato, a questão do aumento de 12,7% do óleo diesel já foi superada. Tendo em vista que o acordo assinado entre as entidades e o governo federal contemplava o congelamento do aumento do Diesel por 60 dias e após o prazo os reajustes aconteceriam de 30 em 30 dias.

De acordo com o dono do Petrobras Mangueira, as filas para abastecer continuam nesta segunda-feira (3). “O pessoal está acreditando que a greve pode voltar e prefere se prevenir. Está tudo incerto ainda, ninguém sabe o que vai acontecer”, comentou o comerciante que preferiu não se identificar.

A proprietária do posto ER, Edna Ribeiro, contou que os moradores  estão fazendo fila desde às 6h para abastecer no estabelecimento que fica na avenida Voluntário Benedito Sérgio, na Chácara do Visconde. A comerciante acredita que a noticia da volta da greve dos caminhoneiros seja fake News.

 "Os frentistas chegaram pra trabalhar e já tinha fila. É boato, não recebemos nenhuma informação da distribuidora. Já falamos com eles pra saber e pra garantir mais abastecimento, mas já avisaram que hoje não vão mandar mais combustível, só amanhã, porém disseram que não há risco de falta de combustível”, disse Edna Ribeiro.

Em Taubaté o preço médio da gasolina está em torno do R$4,30. Não há registro de paralisação nas rodovias do Vale do Paraíba. 

O Meon procurou representantes de sindicatos e associações de motoristas para verificar a veracidade da informação de uma eventual greve, mas até as 11h30 não havai conseguido contato.