deborah_costa_jornalista_02

Debora venceu um câncer no útero em 2018, mas descobriu outros tumores no início deste ano

Arquivo Pessoal

Morreu na madrugada desta segunda-feira(11) aos 42 anos, a jornalista joseense Deborah Costa vítima de câncer no pulmão, mama e fígado. Deborah era casada com o também jornalista Carlos Arruda e não tinha filhos.

Deborah passou por jornais renomados como Folha de São Paulo, Band, Vanguarda e foi diretora de comunicação na Prefeitura de São José dos Campos durante o governo de Carlinhos Almeida(PT) entre 2013 e 2016.

A jornalista descobriu um câncer no útero no início de 2017. Após tratamento, o câncer foi erradicado. Porém, no início deste ano descobriu outros tumores no pulmão, mama e fígado. Na madrugada desta segunda-feira(11), Deborah teve uma piora e faleceu.

Carlinhos Almeida(PT), ex-prefeito de São José dos Campos, relata que a jornalista foi uma grande profissional e amiga. "Deborah sempre foi uma guerreira. Nunca se calou diante de uma injustiça. Além de uma excelente profissional foi uma grande amiga, humana e solidária", diz Carlinhos.

O Meon deixa votos de solidariedade e esperança aos familiares amigos.