macaco_lorena

Macaco foi encontrado morto perto do prédio da USP em Lorena 

Divulgação/Prefeitura de Lorena 

Um segundo macaco foi encontrado morto com suspeita de febre amarela em Lorena, na tarde deste domingo (13). O animal estava próximo ao prédio da USP, na rodovia que liga Lorena ao Sul de Minas (BR-459). A prefeitura coletou fragmentos do corpo do animal e encaminhou para análise no Instituto Adolf Lutz, que poderá confirmar a causa da morte.

De acordo com a prefeitura, este já é o segundo caso de macaco encontrado morto na cidade. O primeiro foi registrado no dia 7 de maio e está sendo analisado pelo instituto, com previsão de um mês para a entrega do resultado.

A Vigilância Epidemiológica irá imunizar a população, de casa em casa, no entorno da área onde o macaco morreu. A vacinação acontece a partir da tarde desta segunda-feira (14). Além da ação, todas as unidades de saúde da cidade estão disponíveis para imunização da população, de segunda a sexta, das 7h às 16h30.