acidente_floriano_onibus

Acidente deixou dez pessoas mortas e 51 feridas

Arquivo/Meon




A investigação para apontar o que causou o acidente na Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro que matou dez pessoas e feriu outras 51, no último domingo (9), vai contar com depoimento dos passageiros que estavam dentro do ônibus além do resultado da perícia feita no veículo.

As investigações serão realizadas pela Polícia Civil de Pindamonhangaba. O ônibus já está no pátio da delegacia da cidade para vistoria.

Os peritos devem verificar as condições do veículo, principalmente os freios, já que alguns sobreviventes acreditam que o acidente tenha sido causado pela falha no dispositivo. O delegado seccional de Taubaté, José Antônio de Paiva Gonçalves, disse que os depoimentos dos sobreviventes que vivem nas cidades da Baixada Santista serão colhidos por policiais civis locais e, posteriormente, enviadas para a RMVale.

O objetivo da investigação é saber se o acidente foi causado por falha mecânica ou humana.