A unidade da Ford de Taubaté completou 50 anos de inauguração da montadora na cidade e comemorou a data em um evento na manhã desta quarta-feira (25), com executivos, funcionários e políticos. Inaugurada em 1968, a fábrica foi criada com o objetivo de ser referência na produção de componentes automotivos, atribuindo ao complexo no decorrer dos anos a fabricação de motores e transmissões.

Ao completar bodas de ouro, a montadora americana volta a colocar a planta da região no cenário nacional e internacional de competitividade econômica com o motor 1.5 Ti-VCT 3 cilindros e da nova transmissão manual MX65.

 “Hoje celebramos um marco muito importante para a Ford Taubaté e Ford da América do Sul. Taubaté alcança o 50º aniversário, um ano antes da Ford completar 100 anos no Brasil, e continuamos a modernizar esse complexo industrial conectado e inteligente, com investimento em equipamentos, sistemas e linhas de processos totalmente alinhados ao conceito da indústria 4.0”, destacou Lyle Waters, presidente da Ford América Latina.

É um motivo de orgulho poder fazer parte desse momento, poder proporcionar  a importância que Taubaté nesse contexto globa"

Wagner ConceiçãoGerente da planta de Taubaté

Wagner Conceição, gerente da Ford Taubaté, durante cerimônia de aniversário dos 50 anos da Ford em Taubaté (Marcus Alvarenga/Meon)

O evento de aniversário da planta  também oficializou o início da fabricação dos novos produtos, com a presença de executivos da montadora, mais de 500 funcionários, o governador do Estado Marcio França (PSB) e o prefeito de Taubaté, Ortiz Junior (PSDB), entre outros representantes políticos e empresariais.

O gerente da planta, Wagner Conceição, destacou que as novas linhas de produção colocam Taubaté junto países como a Índia, China e México no grupo dos que produzem um dos motores considerados mais avançados pela própria Ford e considerado o motor do ano de 2017 no Brasil.

“Essa nova transmissão traz melhorias ao trem de força do veículo, melhora a qualidade das trocas de marchas e o peso, resultando em uma maior economia de combustível. Taubaté também tem a tradição da produção de motores, e para esse nível de tecnologia e processos que possui, a nossa planta tem a vocação fundamental para atender a produção de ambos os produtos. É um motivo de orgulho poder fazer parte desse momento, poder proporcionar toda a importância que Taubaté nesse contexto global da fabricação de motores e transmissões”, destaca o gerente.

O motor 1.5 Ti-VCT 3 cilindros e a transmissão manual MX65 poderão ser encontrados nos veículos Ka Freestyle e EcoSport, produzidos na Bahia, mas a montadora confirma a prospecção para que a produção de Taubaté seja exportada para as fábricas da América do Sul, como Argentina e Venezuela.