maratonista francês Eric Welterlin (Reprodução/Facebook)

O corpo do maratonista francês Éric Walterlin foi encontrado por volta das 11h deste sábado (5) no Pico dos Marins, em Piquete. Ele estava desaparecido havia 19 dias. 

As equipes do Corpo de Bombeiros de SP encontraram o atleta em um local isolado, próximo a uma cachoeira,  longe das trilhas que as pessoas costumam utilizar para subir ao pico.  Segundo o capitão Paulo Roberto Reis, do 11º Grupamento do Corpo de Bombeiro da RMVale, as equipes aguardam a Polícia Técnico-Científica e a Polícia Civil para retirada do corpo.

O francês era corredor de montanha experiente e considerado um homem preparado, já participou de competições em vários países. Ele vive no Brasil há três anos e é casado com a juíza do Trabalho de Itajubá, Cláudia Rocha Welterlin.

No dia 16 de abril, o carro do francês foi encontrado no estacionamento de uma das bases de acesso ao Pico dos Marins, que fica na divisa de São Paulo e Minas Gerais. Ninguém viu Eric, pois a base estava fechada quando ele chegou.   

Desde o dia 19, cerca de 300 pessoas, entre voluntários e agentes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar de Minas e de São Paulo, se revezavam nas buscas. Eles percorreram trilhas e fizeram vistorias de fendas e em locais de difícil acesso, com apoio de helicópteros e especialistas em rapel.

O desaparecimento do francês foi registrado no dia 18 pela esposa na delegacia da Polícia Civil de Itajuba (MG), responsável pelo inquérito que investiga o desaparecimento.