prefeitura_pinda_2

Concurso para 127 vagas foi realizado neste domingo em 12 locais

Divulgação



O concurso público para a Prefeitura de Pindamonhangaba realizado neste domingo (4) foi marcado por reclamações dos candidatos inscritos para prestar a prova.

Falta de organização, estrutura e também o trânsito foram alguns dos motivos das reclamações. Aproximadamente 39 mil pessoas se inscreveram para o concurso que foi realizado em escolas de Pinda e Taubaté.


Nas redes sociais, foram postados diversos vídeos de candidatos mostrando a situação das instituições de ensino que sediariam a prova neste domingo. Em uma delas, na faculdade Anhanguera, em Taubaté, as reclamações eram sobre a superlotação de algumas salas.

"A prova estava marcada para às 9h, mas às 10h tinha gente sem prova para fazer. Em algumas salas não faltou cadeira, em outras as pessoas estavam sentadas fazendo prova praticamente em dupla", disse Daiana Alice que prestaria o concurso para a vaga de professora.

"No final, eu não fiz a prova. Fui embora antes. Ninguém estava esperando que fosse acontecer desse jeito. Ficamos bem indignados", completou.

Outra reclamação dos candidatos foi em relação a provas que estavam sem lacre e também sobre a organização do trânsito próximo aos locais dos testes. Algumas pessoas ameaçaram ir até uma delegacia registrar Boletim de Ocorrência.

Outro lado
Em um vídeo lançado na página oficial da Prefeitura de Pindamonhangaba, o secretário de Negócios Jurídicos, Anderson Alves, informou que a responsabilidade da aplicação das provas é do Iuds, empresa contratada para a realização do concurso.
"Eles são responsáveis pela organização, realização e aplicação das provas. Portanto, cabe à prefeitura, a partir de uma equipe especialmente designada, fazer um acompanhamento da execução contratual", afirmou o secretário.

Alves disse também que todos os fatos relatados serão apurados pela prefeitura. "Todas as intercorrências que chegam até o conhecimento da prefeitura, elas são dignas de apuração. Elas estão sendo apuradas e se, eventualmente, uma delas comprometer a rigidez do concurso a prefeitura vai tomar as medidas legais cabíveis", completou.

O Instituto Universal de Desenvolvimento Social (IUDS), responsável pela aplicação da prova, informou que 95% dos candidatos conseguiram realizar as provas normalmente. A empresa ressaltou ainda que a alocação de salas para promover a prova já estava prevista no edital, e destacou também que o boato lançado de que cadernos de provas foram violados e que foi permitido o uso de aparelho celular dentro das salas são totalmente inverídicas e infundadas.

Concurso
O concurso de Pindamonhangaba disponibiliza 127 vagas em diversos empregos, entre eles: Arquiteto; Agente Comunitário de Saúde; Auxiliar de Enfermagem; Assistente Social; Dentista; Diretor de Escola; Enfermeiro; Biomédico Citologista; Fisioterapeuta; Eletricista; Engenheiro; Fiscal; Guarda; Mecânico; Médicos; Nutricionista; Oficial de Administração; Pedreiro; Professor; Psicólogo; Telefonista e Topógrafo.

Os salários variam de R$ 1.168,14 a R$ 15.883,19, dependendo do emprego.