martin_de_sa_caraguatatuba

Rua do bairro Martim de Sá totalmente alagada, em Caraguatatuba

Arquivo Pessoal/Leandro Lopez

O transporte público e a rede elétrica de Caraguatatuba foram afetados na manhã desta quinta-feira (8) devido às chuvas que atingem a cidade. A região norte é a mais prejudicada, com diversos pontos de alagamentos. As rodovias que dão acesso ao Litoral Norte permanecem bloqueadas nesta tarde.

De acordo com a Prefeitura, durante toda a manhã os ônibus não acessavam bairros da zona norte. As linhas foram direcionadas para a zona sul do município. Mas, segundo a administração, a situação já está normalizada com cerca de 60% a 70% da frota em funcionamento. Com o problema, pelo menos 10 mil pessoas da região norte foram prejudicadas. 

Vale lembrar que os motoristas do transporte público estão em estado de greve desde segunda-feira (5), em Caraguá. A categoria reivindica melhorias salariais e trabalhistas. A frota é composta por 50 veículos.

Além disso, há relatos de moradores dos bairros Massaguaçu e Tabatinga, ambos na zona norte, que houve quedas de energia durante a manhã. A EDP informou que devido a um deslizamento de terra nesta tarde, bambus caíram sobre a rede de energia que abastece parte do bairro Tabatinga, em Caraguatatuba. Equipes técnicas da Distribuidora trabalharam para a retirada da vegetação nos fios e a energia já foi reestabelecida. Ainda de acordo com a EDP, foram registradas ocorrências pontuais de falta de energia que estão sendo atendidas pelas equipes em campo.

Interdição

O trecho de serra da Rodovia dos Tamoios está bloqueado no km 58, sentido litoral, e no km 80, em direção à São José dos Campos. De acordo com a concessionária que administra a via, ainda há risco de quedas de barreira e não há previsão para liberação do trecho. 

A alternativa para o motorista acessar o Litoral Norte é pela rodovia Mogi-Bertioga.

Leia mais

Estudantes de Caraguá passam a noite na Tamoios após queda de barreira

Oswaldo Cruz têm 16 quedas de barreira no trecho serra

Chuvas alagam bairros de Caraguá e Ubatuba; Tamoios e Oswaldo Cruz ficam bloqueadas