boanesio_1

Boanésio Cardoso Ribeiro, diretor de Operações da Urbam  na gestão Carlinhos

Arquivo/Meon/2015

A 'CEI do Lixo', instaurada pela Câmara de São José para investigar supostas irregularidades no contrato entre a Urbam e a empresa Cavo para a coleta de lixo na gestão do Carlinhos Almeida (PT), ouve nesta sexta-feira (13) o depoimento de Boanésio Cardoso Ribeiro, diretor de Operações da Urbam na época da realização da licitação.

Na última terça-feira (10), os membros da CEI colheram o depoimento de Dênis Roberto do Rego, diretor de Operações da Urbam, que apresentou um balanço dos serviços prestados pela Cavo entre 2013 e 2016 e o processo que resultou no cancelamento do contrato com a empresa.

"Os depoimentos que nos trouxe o senhor Dênis são preocupantes. Dá-se a entender que algumas coisas aconteceram que, a nosso ver, não foram corretas, por isso estamos chamando o senhor Bonésio para essa oitiva", disse o vereador Lino Bispo (PR), presidente da CEI (Comissão Especial de Inquérito). 

Criada em 2017, a comissão tem aé o dia 26 de abril para concluir os trabalhos. Os documentos solicitados e entregues pela prefeitura à comissão superam 3.600 páginas e incluem contratos entre a prefeitura e a Urbam de 2013 e 2016, processos relativos à contratação do serviço de coleta de lixo na cidade em 2017 e apontamentos do Tribunal de Contas que englobam os anos de 2013, 2014 e 2017. 

Além do vereador Lino Bispo,  compõem a comissão o Walter Hayashi (PSC), Marcão da Academia (PTB), Sérgio Camargo (PSDB) e Wagner Balieiro (PT).

CEI do Teatrão

A CEI do Teatrão, que apura irregularidades na obra de reforma do Teatrão, na Vila Industrial, também deve concluir os trabalhos no dia 26. A comissão confirmou mais reuniões para os próximos dias 17 e 24, quando será apresentado o relatório final. 

Em reuniãorealizada na terça-feira (10), os membros da CEI colheram o depoimento do ex-secretário de Educação à época, Luiz Carlos Lima, e dos diretores das empresas Stemmi Engenharia e Construções, Leandro Dias Colo, e Construtora e Incorporadora Zanini, Alessandro Baptista Zanini. As empresas foram subcontratadas pela Urbam para executar partes do projeto de reforma.

A CEI é composta pelos vereadores Fernando Petiti (MDB), que preside a comissão, o relator Cyborg (PV), além de Juliana Fraga (PT), Marcão da Academia (PTB) e Robertinho da Padaria (PPS).

Os membros da CEI questionaram o ex-secretário a respeito do uso do ginásio esportivo, o projeto de implantação de uma creche embaixo da arquibancada do ginásio, a compra de maquetes de dinossauro para o Centro de Ciências, a falta de projeto executivo e mudanças de materiais utilizados na obra.

Os diretores das empresas foram questionados sobre alterações e ajustes no projeto. A Zanini foi responsável pela cobertura do ginásio e pela construção do Centro de Ciências. A Stemmi fez obras de infraestrutura na área.