ceagesp_paralisacao

Companhia recebeu 20 caminhões com frutas e legumes nesta quarta-feira 

Colaboração/Henrique Leonel Ribeiro 

O Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo) de São José dos Campos recebeu, na manhã desta quarta-feira (30), 20 caminhões carregados de legumes e frutas, que correspondem a 30% do total da carga prevista para ser entregue. 

Foram recebidos batata, mandioca, tomate, laranja, alface, chuchu e banana. Esse é o primeiro carregamento que chega à Ceagesp desde o dia 21, quando começou a greve dos caminhoneiros.

Normalmente o Ceagesp recebe cerca de 150 caminhões todas as segundas, quartas e sextas-feiras --uma média de 750 toneladas de alimentos a cada dia.

Como o abastecimento deve ser normalizado somente a partir da segunda-feira, o preço das frutas, legumes e hortaliças deve continuar elevado nos supermercados da  região até o final da semana. “Os preços continuam em alta. A tendência é diminuir a partir de sexta ou segunda-feira”, disse Henrique Leonel Ribeiro, técnico administrativo do Cagesp.

Na semana passada, o preço do saco com 50 quilos de batata  estava sendo vendido no Ceagesp a R$ 200, em média --cerca de 185% a mais que na semana anterior à greve. Em alguns supermercados, o consumidor chegou a pagar R$ 13 o quilo da batata.