caminhoes

Paralisação continua no décimo dia consecutivo na RMVale 

Pedro Ivo Prates/ Meon 



A greve dos caminhoneiros que completou 10 dias nesta quarta-feira (30) foi encerrada pelos motoristas nas cinco cidades da RMVale. O Exército escoltou os grevistas que decidiram abandonar as concentrações e bloqueios que aconteciam ao longo da Rodovia Presidente Dutra.

De acordo com a CCR Nova Dutra, concessionária que administra a rodovia, não existem mais pontos relevantes de manifestação de caminhoneiros na rodovia, após a ação das tropas do Exército Brasileiro, da Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal.

O caminhoneiro Elizandro Pessoa da Vera Cruz, que ficou os 10 da paralisação em Jacareí, contou que as reinvindicações ao governo foram atendidas e que o movimento se tornou politico.

“Consegui sair hoje de manhã fugindo da ocupação. Eu era um dos organizadores, mas vi que era caso de política e não estava mais valendo a pena. Passaram a querer tirar o presidente, mas não ia adiantar, íamos ficar o ano inteiro e não íamos conseguir”, contou Elizandro Pessoa.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) informou que neste momento alguns caminhões permanecem parados nos antigos pontos de manifestação em função de pane mecânica ou aguardando mais tempo para seguir viagem.