O assessor especial da presidência para a área internacional, Filipe Martins, creditou ao presidente Jair Bolsonaro a conclusão do acordo entre o Mercosul e os países da Associação Europeia de Livre Comércio (EFTA). Ele também mencionou o acordo Mercosul-UE, cuja ratificação tem sido colocada em dúvida por alguns líderes europeus como reação à política ambiental do governo.

"Graças ao grande empenho do Presidente Jair Bolsonaro, fechamos acordos comerciais com a União Europeia e com a Associação Europeia de Livre Comércio, fazendo do Brasil e do Mercosul as grandes forças do comércio internacional", escreveu Martins no Twitter.