O Taubaté voltou aos treinos na tarde desta segunda-feira e sabendo que terá uma semana de dois jogos importantes fora de casa pelo Paulista da Série A-2. Na quarta-feira, enfrentará o Batatais que possui a mesma pontuação e no sábado, o Guarani que tem cinco pontos de vantagem e fecha a zona de classificação.

Os times do campeonato estão se enfrentando em um turno único de 15 rodadas e com seis já realizadas. Os quatro melhores irão ao mata-mata das semifinais que promoverá os dois finalistas à Série A-1 do ano que vem. Os dois piores serão rebaixados à Série A-3.

O Taubaté começou com duas vitórias iniciais, mas depois, acumulando três derrotas, caiu consideravelmente na classificação. No sábado passado, recebendo o XV de Piracicaba e empatando por 1 a 1, somou apenas um ponto e segue no bloco intermediário.

Na pontuação, os 16 times estão assim: São Bernardo (14), Oeste (13), Penapolense (13), Guarani (12), Rio Claro (11), Inter de Limeira (10), Votuporanguense (10), Sertãozinho (9), XV de Piracicaba (8), Nacional (7), Batatais (7), Taubaté (7), Portuguesa (5), Água Santa (4), Juventus (3) e Audax (3).

A sétima rodada começa nesta segunda-feira, às 20h, em Barueri e com o Oeste recebendo o Nacional. A segunda partida será na terça-feira, às 18h, em Penápolis, entre Penapolense e Inter Limeira. Na quarta-feira, além do jogo do Taubaté em Batatais: Juventus x São Bernardo (16h), Guarani x XV de Piracicaba (20h), Votuporanguense x Rio Claro (16h), Sertãozinho x Água Santa (20h) e Portuguesa x Audax (20h).

A cinco pontos de distância da zona de classificação, o Taubaté precisa cortar a série de quatro partidas sem vitória, porque tem sete concorrentes no seu caminho até o quarto colocado, o Guarani. E como possui apenas quatro pontos de vantagem sobre os dois últimos da zona de rebaixamento, não pode ficar contando somente com os tropeços dos outros.

O time

No sábado, o estreante técnico Marcelo Martelotte pôde sentir o seu novo time pela primeira vez. E com as observações feitas, poderá promover mudanças para a partida em Batatais. O zagueiro Donato, emprestado pelo Atlético-MG, ficou no banco de reservas e não chegou a estrear. O experiente meia Guaru, também contratado na semana passada, ainda busca condicionamento físico e sem previsão de estreia.

No empate com XV de Piracicaba, o Taubaté teve a seguinte formação: Fábio; Jean, Diogo Borges, Raniele e Bruno Ré (Paulo Vitor); Elivelton, William Favoni (Kleiton Domingues) e Francisco Alex; Natan, Flávio Carioca e Wellington Melo (Gustavinho).  Além de Donato, o goleiro Thiago, o versátil Rodrigo Soares e o atacante Johnny permaneceram no banco de reservas.

cz_847

Na foto (Reprodução/Os Donos da Bola/TV Band Vale), o atacante Natan empatando o jogo contra o XV de Piracicaba.