O primeiro jogo em casa do Taubaté pela Copa Paulista é nesta quarta-feira, às 15h, contra o Santo André. Os dois times estrearam com vitória e dividem a liderança do grupo com o São Caetano. Depois de quatro meses e um Paulista da Série A-2 de resultados apenas razoáveis, o torcedor taubateano volta ao Joaquinzão para acompanhar um novo projeto.

O Taubaté disputa a Copa Paulista com um time mesclado de jogadores formados em casa e outros mais experientes. O plano é formar uma boa base para a Série A-2 do ano que vem e um elenco com revelações valiosas no campo e também em futuras negociações de transferências.

No sábado passado, o time estreou visitando o São Bernardo, que com o estádio 1º de Maio em reforma, levou a partida para Diadema. Jogando bem e fazendo por merecer a vitória, o Taubaté ganhou por 1 a 0 e o gol foi marcado por um dos garotos comandados pelo técnico Marcelo Martelotte.

Nesta terça-feira, a assessoria de Imprensa enviou um material destacando o trabalho que o torcedor poderá acompanhar no Joaquinzão:

“Henrique, Diego, Gabriel Davy, João Pedro, Hugo, Erik, Claudinho e Adriano. Além, claro, do volante Moradei. O Taubaté que estreou na Copa Paulista no último fim de semana teve relacionados para o duelo nove atletas formados nas categorias de base do Joaquinzão.

Com o projeto de utilizar a base, o Alviazul decidiu não disputar o Paulista Sub20 este ano. Para isso, incorporou a equipe ao time profissional e os garotos passaram três meses trabalhando com o técnico Marcelo Martelotte para a competição.

No sábado, o Burro da Central venceu o São Bernardo fora de casa por 1 a 0. Três dos garotos foram titulares, fazendo suas estreias no time profissional, e outros dois entraram na segunda etapa.

O dia foi ainda mais especial para o zagueiro Henrique, que, ao lado do lateral-esquerdo Diego, do atacante Gabriel Davy e do volante Hugo, fizeram suas estreias no profissional. Mas o defensor foi coroado com o gol da vitória. “Uma emoção tremenda pelo gol, pela estreia, pela vitória. Para mim é muito importante, estou um ano e meio esperando essa oportunidades”, disse o camisa 6.

Dois terços do elenco profissional são formados por atletas das categorias de base. “É um projeto para a Copa Paulista, utilizar bastante os garotos do Sub20, alguns do Sub17. Isso só tem a agregar tanto futuramente quanto agora, porque hpa jogadores mais velhos que passam calma e experiência pra gente. Só tem a dar certo”, completou Henrique.

Na lista de atletas alviazuis, também há, por exemplo, o volante Moradei, revelado pelo Burro na década passada e de volta ao Joaquinzão este ano, e atletas mais experientes nascidos na cidade, como o goleiro Rafael Dida e o meia Guaru.”

Os times

O técnico Marcelo Martelotte não confirmou, mas provavelmente manterá a escalação da estreia, armada com três zagueiros: Rafael Roballo; Henrique, Cesinha e Donato; Jean, Moradei, Elivelton, Guaru e Diego; Jeffinho e Gabriel Davy.

O Santo André, que estreou recebendo o Água Santa de Diadema e vencendo por 3 a 0, ficou sem o atacante Davi Ribeiro, que fez dois gols, e o meio-campista Matheus Santiago. Ambos viajaram para a Turquia, onde passarão por uma avaliação no Besaksehir.

Na escalação do técnico José Carlos Palhavan, Frank e Natan poderão ser os substitutos, deixando a formação com: Júlio Silva; Eliandro, PV, Héliton e Gilberto Jesus; Alex Teixeira, Jhonson, Frank e Émerson Silva; Vinícius Silveira e Natan.

A equipe de arbitragem: Ricardo Bittencourt da Silva (árbitro), Orlando Coelho Júnior (assistente 1), Patrick André Bardauil (assistente 2) e Hemerson José Nicoli de Campos (quarto árbitro).

O Taubaté anunciou ingressos para dois setores do estádio: arquibancada social, R$ 10 e cadeira, R$ 50. Menores de idade, idosos, aposentados, professores da rede pública e estudantes têm direito à meia-entrada.

cx_036

Na foto (de Bruno Castilho/EC Taubaté), o zagueiro Henrique conduzindo a bola na partida contra o São Bernardo.