O Taubaté Vôlei deu mais uma demonstração de força, conquistando o inédito título da Supercopa do Brasil. Na noite desta quinta-feira, na cidade mineira de Uberlândia, enfrentou o Cruzeiro em partida única do torneio e venceu, de virada, por 3 a 1. Agora, vem a Superliga e o desafio de um bicampeonato com mais um reforço contratado.

No primeiro set, o Taubaté não conseguiu decifrar as jogadas do Cruzeiro e perdeu, por 25 a 21. Já no segundo, engrenou na partida e soube abrir uma boa vantagem no final para devolver na mesma medida, fazendo 25 a 21.

Embalado, o Taubaté não deu chances ao adversário no terceiro set. O Cruzeiro também se enervou com algumas decisões da arbitragem e levou um 16 a 25. E quando o time mineiro tentou uma reação na quarto set para forçar um tie-break, a força taubateana emplacou um 25 a 18 e liberou a festa.

Reforço

O Taubaté confirmou a contratação do meio de rede Riad Ribeiro, de 38 anos. O atleta com 2,05m de altura chega para compor a equipe e já disputa a Superliga a partir do próximo dia 13/11, quando a equipe estreia em casa contra o APAN Blumenau (SC).

Riad Garcia Pires Ribeiro é natural do Rio de Janeiro, em sua carreira defendeu a Seleção Brasileira e conquistou diversos títulos de destaques: Tricampeão da Champions League, Campeão Mundial de Clubes, Bicampeão da Superliga e Campeão Paulista.

Os times

O Taubaté, do técnico Renan Dal Zotto, entrou com: Rapha, Maurício Souza, Douglas Souza, Lucarelli, Lucão, Mohamed Alhachdadi e o líbero Thales. Começaram no banco: Fabiano, Rogerinho, Carísio, Lipe, Petrus, Matheus e Renan.

O Cruzeiro, do técnico Marcelo Mendez, entrou com: Fernando Cachopa, Evandro, Gord Perrin, Facundo Conte, Isac, Otávio e o líbero Lukinha. Começaram no banco: Bruno, Rodriguinho Leme, Cledenilson, Lucas, Welinton Oppenkoski, Felipe e Hugo.

A dupla de arbitragem: Ricardo Cortes dos Santos e Renato Ferreira Diniz.

co_839

Na foto (Taubaté Vôlei/Divulgação), o marroquino Mohamed Alhachdadi ataca para mais um ponto do Taubaté sobre o Cruzeiro.