O Taubaté perdeu por 2 a 1 ao visitar a Ferroviária de Araraquara na noite deste sábado e saiu da zona de classificação da Copa Paulista. A derrota também quebrou uma invencibilidade de 11 partidas e acirrou a disputa por vagas na terceira fase.

No quadrangular que classificará os dois melhores, o returno começou na manhã deste sábado e com o Esporte Clube São Bernardo visitando o Atibaia e vencendo, por 2 a 1. No início da noite, em Araraquara, o mesmo placar de 2 a 1 para a Ferroviária sobre o Taubaté fechou a quarta rodada.

O São Bernardo assumiu a liderança isolada, com oito pontos. O Taubaté e a Ferroviária ficaram com cinco pontos, uma vitória, saldo de gol zerado e quatro gols marcados. No entanto, a melhor campanha geral coloca a Ferroviária na segunda posição. Na primeira fase, o time de Araraquara somou 25 pontos contra 18.

A quinta e penúltima rodada será na quarta-feira, às 15h, com os jogos Atibaia x Taubaté e São Bernardo x Ferroviária. No dia 21, um sábado, às 15h, a última rodada terá: Taubaté x São Bernardo e Ferroviária x Atibaia.

Em Arararaqua

Na escalação taubateana, o técnico Ivan Izzo confirmou o meia Branquinho como substituto do atacante Lalau, liberado por causa do falecimento da mãe. O treinador também manteve Carlinhos no lugar do lateral-esquerdo Diego e com Ynaiã passado à lateral esquerda. Na Ferroviária, a principal novidade foi a estreia do atacante Leo Jaime, ex-Bragantino e contratado no início da semana.

Procurando a posse de bola para quebrar o ritmo da Ferroviária, o Taubaté estava mantendo o jogo bem controlado. O time nada produzia ofensivamente, mas também não corria maiores riscos na defesa.

Aos 23 minutos, a Ferroviária conseguiu uma boa traingulação pela direita e o atacante Jorge Eduardo cruzou para trás. O lateral Carlinhos, ao tentar antecipar e cortar à linha de fundo, errou a cabeçada, mandou no canto esquerdo e acabou fazendo gol contra.

Animada, a Ferroviária tentou ampliar a vantagem e não deixou o Taubaté reagir ainda no primeiro tempo.

No intervalo, o técnico Ivan Izzo usou a primeira substituição trocando o atacante Marcus Nunes pelo lateral-esquerdo Diego. Ynaiã voltou à lateral direita e Carlinhos avançou à linha intermediária.

O Taubaté ganhou em posse de bola e passou a incomodar a defesa local. Todavia, aos 12 minutos, a Ferroviária ampliou após um escanteio cobrado da esquerda. O goleiro Rafael Dida não cortou, o zagueiro Dogão tentou afastar e Leo Jaime, na meia esquerda e esperando a sobra, de fora da área mandou um chute forte, acertando o ângulo direito.

Na segunda substituição, aos 15, Ivan Izzo trocou Carlinhos pelo atacante Elorhan. Nove minutos depois, na área da Ferrviária, Ynaiã descolou um pênalti ao ser derrubado por Cristian. Aos 25, Rodriguinho cobrou com categoria, no canto esquerdo e deslocando o goleiro para o direito.

A possibilidade de um empate levou o técnico taubateano a uma troca ofensiva na terceira e última substituição. Aos 28, o atacante Lucas Grossi entrou pelo volante Anderson.

Nos cinco minutos de acréscimos, o Taubaté teve uma boa chance para empatar. Aos 48, Elorhan foi ao fundo pela direita e recuou um passe rasteiro para Branquinho. O meia, da entrada da área, chutou mal, por cima.

Na última jogada da partida, a Ferroviária quase fez um terceiro gol que valeria vantagem nos critérios para desempate. Rafael Oller escapou pela esquerda e chutou na trave direita ao tentar deslocar o goleiro.

O outro jogo

Na partida que abriu a rodada do Grupo 5, às 11h, o Atibaia recebeu o Esporte Clube São Bernardo na casa alternativa de Americana e o time visitante venceu de virada, por 2 a 1, no último lance.

Já no segundo tempo, aos 7 minutos, o Atibaia abriu o placar em uma infiltração pela meia direita e um chute forte do atacante Patrick. Aos 29, o São Bernardo levantou na área e o goleiro Ariel, ao agarrar no alto, largou o braço direito no rosto do atacante Jhonny, cometendo pênalti e sendo expulso.

O goleiro reserva Leandro entrou no lugar do atacante Adilson e não alcançou a cobrança do meia Giovanni Pavani, aos 31, igualando a contagem. Depois, no último dos seis minutos de acréscimos, o Atibaia desperdiçou uma boa chance com Patrick chutando para fora e o São Bernardo acertou um contragolpe. Do campo de defesa, um longo lançamento deixou Ruhan livre para descer e tentar um cruzamento rasteiro da esquerda. O zagueiro Igor, tantando cortar desviou e fez gol contra.

Os times

O Taubaté, do técnico Ivan Izzo, jogou com: Rafael Dida; Carlinhos (Elorhan 15´/2º), Dogão, Rafael Castro e Ynaiã; Anderson (Lucas Grossi 28´/2º), Elivelton, Velicka e Branquinho; Marcos Nunes (Carlinhos – intervalo) e Rodriguinho.

A Ferroviária, do técnico Vinícius Munhoz: Gabriel Leite; Marcos Ytalo, Raniele, Maurício e Fernando Júnior (Marquinhos 34´/2º); Caíque (Willian 9´/2º), Daniel e Cristian; Jorge Eduardo, Felype Hebert e Leo Jaime (Rafael Oller 18´/2º).

Na Arena da Fonte Luminosa, 584 torcedores pagantes proporcionaram a renda de R$ 6.475,00. A arbitragem contou com: João Vitor Gobi (árbitro), Gustavo Rodrigues de Oliveira (assistente 1), Rodrigo Meirelles Bernardo (assistente 2) e Paulo Sérgio dos Santos (quarto árbitro).

cp_854

Na foto (de Bruno Castilho/EC Taubaté), Branquinho deixa um jogador da Ferroviária caído e Velicka acompanha.