Na abertura do mata-mata das quartas de final do Brasileirão de futebol feminino, o São José recebe o Corinthians, nesta quarta-feira, às 15h, no estádio Martins Pereira. O desafio é dos mais exigentes, pois o adversário vem embalado por 25 vitórias consecutivas, um recorde nacional quebrado depois de oito anos.

O campeonato da elite do futebol feminino brasileiro começou com 16 times se enfrentando em turno único. Os oito melhores avançaram às quartas de final: Corinthians (42 pontos), Santos (37), Kindermann-SC (34), Flamengo (32), Internacional (29), Audax Osasco (24), Ferroviária de Araraquara e (23) e São José(22).

Nos confrontos dirigidos de 8º x 1º. 7º x 2º, 6º x 3º e 5º x 4º, o São José vai enfrentar o Corinthians em jogos de ida e volta. O time corintiano, de melhor campanha, terá a vantagem do segundo jogo em casa, na quarta-feira da semana que vem, dia 21, às 19h30, no estádio do Parque São Jorge.

Santos x Ferroviária, Kindermann x Audax e Flamengo x Internacional são os outros três confrontos. O que terminar empatado no número de pontos e gols marcados será decidido nos pênaltis.

“O nosso principal objetivo no campeonato era chegar entre os oito primeiros. Agora, na segunda, vamos fazer o nosso melhor e ver até onde ainda poderemos ir. Fizemos por merecer a nossa classificação e queremos valorizar a conquista”, disse o técnico Cleber Arildo.

Os times

No São José, a meio-campista Di Menor é a mais cotada para entrar na vaga deixada pela zagueira equatoriana Lígia Moreira, liberada para acertar transferência a um clube da Espanha. Assim, Poliana voltaria do meio-campo à lateral direita e Ana Martha passaria da lateral direita à posição original de zagueira.

A provável escalação joseense tem: Zany; Poliana, Ana Martha, Nath Rodrigues e Rafa Martins; Edna Baiana, Natsumi Saito, Carlinha e Di Menor; Michele Carioca e Fernanda Tipa.

O Corinthians vem de um façanha. No sábado passado, ao golear a Ponte Preta/Rio Preto pelo Campeonato Paulista, por 6 a 0, quebrou o recorde nacional de vitórias consecutivas, totalizando 25. Superou o Coritiba, de 24 em 2011.

O time foi a campo com: Tainá Borges; Katiuscia, Pardal, Mônica e Juliete; Grazi, Érika, Suellen e Giovanna Crivelari; Gabi Zanotti e Victória Albuquerque. No entanto, como trabalha com um elenco qualificado e numeroso, o técnico Arthur Elias poderá promover algumas alterações.

A equipe de arbitragem, de paulistas do quadro da CBF, terá: Fernanda Santos Ignacio de Souza (árbitro), Patrícia Carla de Oliveira (assistente 1) Marcela de Almeida Silva (assistente 2), Thiago Lourenço de Mattos (quarto árbitro), Eduardo César Coronado Coelho (analista de campo).

O ingresso será solidário, com um quilo de alimento não-perecível.

cq_097

Na foto (de Gabriel Dantas/São José Futebol Feminino), joseenses em um treino.