A reclamação do São José, cobrando um pênalti não marcado no jogo de ida contra o Comercial, parece que não foi aceita pela Federação Paulista de Futebol. O árbitro do lance polêmico participou do sorteio para a escala da próxima partida, ainda mais decisiva e com o time joseense em Ribeirão Preto.

Na rodada que definiu os quatro semifinalistas, o Flamengo de Guarulhos reclamou e muito da arbitragem de um empate em Ribeirão Preto com o Comercial. O placar de 1 a 1 classificou o time da casa e eliminou o visitante.

Para as semifinais, a Federação Paulista de Futebol resolveu escalar árbitros do seu quadro principal na rodada de ida. No sorteio, José Cláudio da Rocha Filho foi apitar uma vitória do Primeira sobre a Internacional de Bebedouro, em Indaiatuba, por 2 a 0. Em São José dos Campos, Leandro Bizzio Marinho dirigiu um empate do São José com o Comercial de Ribeirão Preto, no último sábado.

Nos minutos finais e já com o placar de 1 a 1, o São José reclamou pênalti em lance no qual o atacante Lucas Lima foi deslocado na área pelo zagueiro Otávio Gut (veja no vídeo). O árbitro interpretou como jogada normal.


Como agora dependerá de uma vitória no jogo de volta que será em Ribeirão Preto, domingo, às 10h, o São José ficou na expectativa da escala de arbitragem que começou a surgir no final da tarde desta quarta-feira.

No sorteio realizado na Federação, dois potes foram colocados para os jogos Comercial x São José e Inter de Bebedouro x Primavera. No primeiro, respectivamente, Vinícius Furlan e Luiz Flávio de Oliveira; no segundo, o mesmo Luiz Flávio de Oliveira e Leandro Bizzio Marinho.

Os potes mostraram que Luiz Flávio de Oliveira estava confirmado em uma das duas partidas. Vinícius Furlan poderia ficar com a de Ribeirão Preto e Leandro Bizzio Marinho, com a de Bebedouro, no sábado, às 16h.

Ao escolher os três para a rodada que definirá os dois times da promoção à Série A-3 do ano que vem, a Federação praticamente mandou um recado ao São José. Aprovou o trabalho de Leandro Bizzio Marinho no Martins Pereira e deu a ele a oportunidade de cumprir uma nova missão, na outra semifinal.

O sorteio caiu para o pote um, com Vinícius Furlan no jogo em Ribeirão Preto e Luiz Flávio de Oiveira, em Bebedouro. Os assistentes e os demais integrantes das respectivas equipes surgirão na escala que deve ser divulgada na quinta-feira.

“Eu não gostaria de ficar falando sobre o assunto, mas é claro que estaremos bem atentos. Por enquanto, prefiro continuar acreditando que a Federação segue tomando todos os cuidados necessários, porque são quatro times que fizeram um bom trabalho durante 26 rodadas e agora disputam o objetivo principal. Penso que o São José tem futebol para voltar de Ribeirão Preto com o acesso, mas também sei que Comercial é um adversário forte e merecedor de respeito. Por isso, se tivermos que amargar uma derrota, que seja na bola e sem novas polêmicas de arbitragem”, disse Robertinho da Padaria, gestor de futebol do São José.

cv_362

Na foto (de Rodolfo Moreira/Jornal Joseense), o árbitro Leandro Bizzio Marinho no jogo sábado passado.