O São José Futsal planejava aproveitar uma sequência de cinco jogos em casa para deslanchar na Liga Nacional. Todavia, no primeiro deles, tropeçou contra o paranaense Foz Cataratas e perdeu por 2 a 1 na noite desta sexta-feira. Agora, tem uma vitória e três derrotas na principal competição nacional.

Pela quarta rodada da Liga Nacional de Futsal, o São José Futsal/Manguaça FS recebeu o Foz Cataratas, no ginásio do Tênis Clube e perdeu pelo placar de 2×1 para o Foz. O próximo jogo acontece novamente em casa na próxima quinta-feira, 19, contra o Atlântico Erechim.

A partida começou com o São José Manguaça propondo jogo, saindo a passe desde sua defesa para somar bem no ataque, de modo disciplinado. O Foz, a princípio, subia sua marcação, mas não achava os jogadores da equipe da casa e acabaram por recuar mais sua marcação depois de boas chances que quase resultaram em gols.

Com a defesa mais equilibrada era um pouco mais difícil chegar até a ofensiva, até que aos 13 minutos Vandinho teve ótima oportunidade ao receber um passe próximo à área, que o goleiro pegou. No escanteio dessa jogada Gustavinho acertou ótimo chute, também desviado pelo goleiro do Foz. Em seguida Marcelo Paulista também apareceu livre, mas estava muito próximo ao goleiro e sua finalização foi defendida.

O goleiro Luiz Gustavo começou a ter mais trabalho na metade da primeira etapa, quando o Foz começou a subir cada vez. O trabalho da defesa do São José Manguaça, no entanto, ia prevalecendo. Nem quando o goleiro Luan, do Foz, começou a atuar mais avançado surtiu muito resultado: a defesa estava bem preparada para esse tipo de jogada.

Foi justamente quando a equipe da casa estava melhor que veio o primeiro gol adversário: Jamur chutou de longe para abrir o marcador no ginásio do Tênis Clube. Sem se abater a equipe do São José Manguaça FS foi pra frente, buscando o empate, porém a primeira etapa terminou com a vantagem dos visitantes.

Reação

Atrás no placar, o São José Futsal/Manguaça FS impôs seu jogo desde o começo, empuraando a equipe do Foz pra trás e comandando a ofensiva, enquanto seu adversário ia se defendendo como podia.

A pressão era grande e as finalizações constantes. A equipe da casa chegava até a entrada da área antes de fechar o chute. Mesmo assim Leandrinho e Simi tiveram ótimas oportunidades para marcar, que acabaram nas defesas do goleiro Luan.

O goleiro Rafa, que entrou no segundo tempo, ajudava a equipe subindo constantemente para o ataque. Assim o São José Manguaça ganhou a alternativa do chute a longa distância, além de suas jogadas rápidas e tabelas.A defesa do Foz, no entanto, ia aguentando bem, fazendo o tempo passar.

Mas isso mudou aos 8 minutos. Em jogada trabalhada Simi recebeu na entrada da área e chutou forte no alto, sem chances para o goleiro do Foz: 1×1. Essa foi a deixa para o goleiro do Foz subir, somando no ataque e quase deixando a equipe visitante na frente novamente: o goleiro Rafa não deixou com ótima defesa.

Faltando 3 minutos para acabar o jogo o Foz ficou, novamente, à frente do placar. Em tiro livre assinalado por conta da sexta falta, Jamur converteu, deixando a partida em 2×1. Gustavinho como goleiro linha.

A equipe da casa foi pra cima e a defesa do Foz se fechou. Vandinho teve um bom chute da intermediária para tentar diminuir, que saiu por cima. O São José Manguaça ia rodando rapidamente, tentando achar uma brecha no pouco tempo que restava, mas não teve jeito. 2×1 no ginásio do Tênis Clube.

cz_296

Na foto (de Brenno Domingues/São José Futsal/Manguaça FS), o joseense Vandinho chuta tentando furar a defensiva do Foz Cataratas.