No Campeonato Brasileiro de futebol feminino, o São José tem uma partida estratégica nesta quarta-feira, às 15h, no Martins Pereira, contra o Kindermann, de Santa Catarina. Os times dividem a colocação que fecha a zona de classificação.

O Brasileiro da Série A-1 tem 16 equipes divididas em dois grupos de oito. Em cada grupo, 14 rodadas de turno e returno definirão os quatro que avançarão no campeonato e o oitavo e último que será rebaixado à Série A-2 do ano que vem.

Depois de três rodadas disputadas, o Corinthians (9 pontos) lidera, o amazonense Iranduba (7) está na vice-liderança e a Ferroviária de Araraquara (5) ocupa a terceira posição. O São José (4) e o Kindermann (4) dividem a quarta colocação e com as joseenses em vantagem no saldo de gols, por 5 a 3.

Correndo o risco de descer a zona de rebaixamento, o baiano São Francisco (3) está na sexta posição, ainda com vantagem sobre o Sport Recife (1), o sétimo. O último colocado é o paraense Pinheirense (0).

A quarta rodada começa nesta terça-feira com o São Francisco recebendo o Iranduba. Na quarta, além do jogo do São José contra o Kindermann, o Corinthians receberá o Pinheirense, às 19h. Depois, na quinta, a Ferroviária terá a visita do Sport Recife, às 18h30.

O São José estreou em Pernambuco, empatando por 1 a 1 com o Sport. Na primeira partida em casa, perdeu para o Corinthians por 2 a 0. E na quarta-feira passada, em Belém, goleou o Pinheirense por 4 a 0. No sábado passado, pelo Campeonato Paulista, foi visitar o Santos e empatou por 2 a 2.

Os times

Na Vila Belmiro, o técnico Cleber Arildo armou o São José com uma formação diferente, substituindo a contundida volante Edna Baiana pela terceira zagueira Joseane. “Como não tivemos o tempo ideal para trabalhar dessa forma, as jogadoras demoraram um pouco para assimilar. Mas depois, mostraram que podemos insistir na proposta”, disse o treinador.

O time que enfrentou o Santos e pode ter a escalação inicial mantida para esta quarta-feira: Taty Amaro; Sandra Figueiredo (Mariana Neiva), Joseane Lulu e Nath Rodrigues; Gabi Lira, Rafa Soares, Samia, Rita Bove e Letícia Seabra (Fernanda Typa); Michele Carioca (Carlinha) e Gabi Portilho (Franciele).

O Kidermann, da cidade catarinense de Caçador, estreou perdendo em casa para Iranduba por 1 a 0. Depois, visitando a Ferroviária de Araraquara, somou o primeiro tempo ao ficar no 0 a 0 fora de casa. E na semana passada, comemorou a primeira vitória recebendo o baiano São Francisco e fazendo 3 a 0.

O time é dirigido pelo experiente técnico Jorge Barcellos, de duas passagens pela Seleção Brasileira. No jogo mais recente, começou com a seguinte formação: Bárbara; Bruna, Juliana, Tuani e Roberta; Rafinha, Sthephanie, Neném e Giovanna Crivelari; Catyellen e Laura Romero.

A equipe de arbitragem, de paulistas do quadro da CBF: Márcio Henrique de Gois. (árbitro), Fabrini Bevilaqua Costa (assistente 1), Leandra Aires Cossette (assistente 2), Rodrigo Gomes Paes Domingues (quarto árbitro) e Philippe Lombard (analista de campo).

Os jogos do São José Futebol Feminino no estádio Martins Pereira têm entrada gratuita ao público.

cz_052

Na foto (de Gabriel Dantas/São José Futebol Feminino), o último treino das joseenses, na manhã desta terça-feira, no campo do time amador Sertãozinho.