O São José Futebol Feminino terá um outro comando técnico na temporada 2020. Depois de dois anos no cargo, Cleber Arildo foi dispensado nesta segunda-feira, nas férias coletivas do time que em 2019 disputou cinco competições.

No futebol feminino, o São José Esporte Clube é administrado pela secretaria de Esporte e Lazer. Em janeiro de 2018, Cleber Arildo assumiu junto com a coordenadora e ex-atacante Renata Love. Antes, o técnico Márcio Oliveira também acumulava a função de coordenador. A missão era manter o time competitivo, com orçamento financeiro limitado e aberto à promoções de jogadoras das categorias de base.

Sem conquistas expressivas, mas terminando com o título dos Jogos Abertos do Interior, em São Carlos, o São José rearmou a equipe e partiu para a atual temporada.

O maior desafio do ano era sustentar a permanência na elite nacional. Com chegada de dos times grandes do futebol masculino, o Brasileirão ficou mais difícil, com apenas 16 equipes na Série A-1 e o rebaixamento de quatro.

Além de terminar entre os 12 que permaneceram na divisão de elite, o São José ainda conquistou a oitava e última vaga do mata-mata das quartas de final. No entanto, ao cruzar com o time de melhor campanha, não resisitiu ao Corinthians. Na ida, foi goleado no Martins Pereira por 4 a 1 e na volta, no Parque São Jorge, perdeu por 1 a 0.

No Brasileirão, os oito melhores da fase de classificação foram: Corinthians, Santos, Kinderman-SC, Flamengo, Internacional, Audax Osasco, Ferroviária de Araraquara e São José. Na sequência, garantiram permanência na Série A-1: Vitória-BA, Iranduba-AM, Minas e Ponte Preta.

Confirmando os riscos da competição, foram rebaixados três times tradicionais do futebol feminino: Vitória de Santo Antão-PE, Foz Cataratas-PR e São Francisco-BA, além do Sport Recife. Da Série A-2, subiram quatro camisas poderosas: São Paulo, Cruzeiro, Grêmio e Palmeiras.

As exigências do Brasileirão diminuiram as forças do São José no Campeonato Paulista. Depois de uma fase de classificação tranquila, o time foi mal em um quadrangular, perdendo os seis jogos contra Santos, São Paulo e Palmeiras.

Mais recente, em torneio curto na Copa Paulista, perdeu um mata-mata contra o Palmeiras e venceu no jogo que valia o terceiro lugar, contra o Juventus. E na última competição do ano, tropeçou na semifinal dos Jogos Abertos do Interior. Contra a Francana, fez 2 a 0 no primeiro tempo, cedeu um empate no segundo e perdeu na decisão por pênaltis. Depois, na disputa pela medalha de bronze, goleou o Marília, o time da casa, por 6 a 0. Na final do ouro, a Ferroviária fez 4 a 0 na Francana.

A nota

Confira a nota que anunciou o final do ciclo de Cleber Arildo no comando da equipe:

“A diretoria do São José Futebol Feminino comunica que o técnico Cleber Arildo não é mais treinador da equipe. O auxiliar Mauri Saraiva também deixa a sua função.

Em dois anos de Clube, Cleber esteve à frente do São José em 81 jogos, tendo 33 vitórias, 21 empates e 27 derrotas, e conquistando o título dos Jogos Abertos de 2018, em São Carlos, e os Jogos Regionais de 2019, disputados em São Sebastião e Ilhabela.

A diretoria agradece pelos serviços prestados e deseja sucesso em sua trajetória.”

cn_944

Na foto (de Renato Antunes/Maxx Sports), Cleber Arildo em um treino do São José.