Na volta do Brasileirão de futebol feminino, após a pausa da Copa do Mundo, o São José conquistou um excelente resultado. Na noite desta quinta-feira, visitando o Audax Osasco, venceu por 1 a 0 e entrou na zona de classificação.

No estádio José Liberatti, o jogo fechou a 10ª das 15 rodadas de uma fase na qual os 16 times se enfrentam em turno único e disputam oito vagas. Com a vitória, o São José passou da 10ª posição para a oitava, somando 13 pontos, Também manteve três de vantagem sobre o melhor colocado entre os quatro últimos da zona de rebaixamento à Série A-2 do ano que vem.

“O time todo está de parabéns pela entrega e determinação. Sabíamos das dificuldades do jogo, e conseguimos a vitória. A nossa equipe está trabalhando bastante e tem que manter esse ritmo”, disse a lateral-direita Poliana que esteve na Copa do Mundo da França, atuando pela Seleção Brasileira.

“A nossa defesa trabalhou de forma organizada e merece destaque. Mas também temos que destacar o nosso conjunto, que foi eficiente. Nós bloqueamos as ações delas. Fizemos um jogo muito bom, seguro, mesmo em momentos de pressão. Nós saímos de Osasco satisfeitos e felizes com o resultado”, disse o técnico Cleber Arildo.

O Jogo

O São José foi a campo com: Zanny; Poliana, Ligia Moreira, Nath Rodrigues e Rafa Martins; Edna Baiana, Carlinha e Natsumi; Michele Carioca, Fernanda Tipa e Di Menor. Uma formação ofensiva para buscar a vantagem no placar e depois. aplicada e resistente na sustentação do resultado.

No segundo tempo, as três substituições do técnico Cleber Arildo foram: a meio-campista Rafa Soares por Michele Carioca (aos 30 minutos), a atacante Geisi por Carlinha (35) e a volante Duda Batista por Edna Baiana (44).

No jogo, sem deixar o Audax controlar as ações, o São José criou a primeira oportunidade de gol. Aos 19 minutos, em uma falta levantada da direita, em diagonal, a zagueira Nath Rodrigues errou na cabeçada.

O caminho descoberto foi bem explorado na segunda oportunidade, aos 34 minutos. Na área e sem a devida marcação, a meio-campista japonesa Natsumi mandou uma cabeçada bem colocada e fez gol da partida.

Em vantagem, o São José passou a investir nos contragolpes. O Audax, com dificuldades para entrar na defesa joseense, teve a melhor chance em uma falta cobrada na metade do segundo tempo. Da meia esquerda, o chute pegou no travessão.

Um pouco antes, as joseenses deixaram escapar uma boa chance de ampliar a vantagem. Di Menor desceu pela meia direita, chutou por cobertura, mas não levantou a bola além do alcance da goleira. Correndo pela meia esquerda e esperando um passe aprofundado, Michele Carioca era a melhor opção.

Fora de casa

Agora, como o estádio Martins Pereira está sediando um torneio internacional de rúgbi, a próxima partida do São José, que seria em casa, já foi transferida para Guaratinugetá. Na segunda-feira, às 15h, receberá o paranaense Foz Cataras/Athletico no estádio Dario Rodrigues Leite.

cq_361

Na imagem (de Rádio Arquibancada EC/Cortesia), as joseenses comemorando o gol.