O São José Basketball voltou a vencer o Basquete Osasco e fechou um playoff que valia vaga nas quartas de final. Na noite deste sábado e diante da torcida, fez o placar de 87 a 69 e agora terá o Franca como próximo adversário.

Na quinta-feira, em Osasco, o São José venceu o jogo de ida do playoff, por 96 a 86. Assim, uma segunda vitória na volta, neste sábado, finalizaria a disputa sem a necessidade de um terceiro jogo de desempate, segunda-feira, também em casa.

No ginásio Linneu de Moura, o Osasco tentou partir para um jogo franco desde o início, mas o São José também mostrou que pretendia controlar as ações. Abrindo 8 a 0, esteve sempre em vantagem, mas com algumas oscilações.

Depois de fazer 20 a 8, o time joseense relaxou na marcação e o Osasco explorou os minutos finais do primeiro quarto para um placar de 20 a 14. Com a reação, o time visitante ficou animado e venceu o segundo quarto, por 23 a 22.

Voltando do intervalo com um placar de 42 a 37, o São José tentou deslanchar, mas não conseguiu. Cometendo alguns erros que seriam comprometedores contra adversários mais qualificados, teve que tomar cuidados para fazer 15 a 11 no terceiro quarto e manter uma boa margem de segurança.

O Osasco, com 10 minutos para virar um placar de 48 a 57, tentou atacar na base do desespero e acabou desorganizado. Confiante, o São José aproveitou o incentivo da torcida e fez 30 a 21 no quarto, totalizando 96 a 89.

Agora, de acordo com a tabela dirigida, o São José será o adversário do Franca em um dos quatro playoffs das quartas de final. O time de Franca, com melhor campanha na primeira fase, terá a vantagem do segundo jogo em casa e também no caso de um eventual terceiro.

Os times

O São José, do técnico Paulo Jaú, começou com: Figueredo (13 pontos), Mariani (19), Duda Machado (7), Rafa (13) e Lupa (17, o cestinha do jogo). Entraram durante o jogo: Buemo (4), Alex Dória (3), Pedrão (7), Guga (2), Matheus Eugeniusz (2), Guirro (0) e Cassiano (0).

O Basquete Osasco, do técnico João Ricardo Lourenço, começou com: Brite (13), Thiaguinho (7), Lelê (11), Norman (4) e Igor (2). Entraram durante a partida: Pedro (16), Robinho (1) e Nicolás Giménez (15).Permaneceram no banco: Armani, Bruno e Maxwell.

O trio de arbitragem: Jonas de Carlo Pereira, Shelley Quintela, João Vaz Júnior. O delegado: Emídio Marques de Mesquita.

cp_852

Na foto (de Arthur Marega Filho/São José Basketball), o argentino Buemo arremessando em busca de três pontos sobre o Osasco.