O São José Basketball perdeu para o Bauru na noite desta quinta-feira, diante da torcida, por 72 a 83, mas ao reduzir uma desvantagem no placar que era de 16 pontos ao final do terceiro quarto, sustentou a oitava posição no NBB, impedindo uma ultrapassagem do concorrente. No sábado, também em casa, jogará contra o Franca.

Já classificados entre os 12 melhores que avançarão  à reta decisiva do Novo Basquete Brasil, São José e Bauru passaram a jogar pela melhor colocação possível. Como o primeiro critério para desempate entre duas equipes é o saldo de pontos dos dois confrontos, o São José foi à quadra trazendo os 12 do placar de 75 a 63 no primeiro turno, em Bauru.

No ginásio Linneu de Moura, o time bauruense começou melhor e abriu uma boa vantagem de sete pontos no primeiro quarto, fazendo 18 a 11. Depois, ampliou no segundo ao marcar 22 a 14. Consequentemente, chegou ao intervalo com 17 pontos de vantagem em um 40 a 23.

O São José reagiu no terceiro quarto, equilibrou as ações e perdeu por apenas um ponto, com 19 a 20. Já no último quarto, o time joseense venceu por 30 a 23 e totalizou um placar de 72 a 83, com 11 pontos de diferença.

O Bauru ainda teve uma último oportunidade para inverter o saldo de pontos do confronto e estabelecer uma vantagem de 14. Restando quatro segundos, o ex-armador joseense Fúlvio tentou uma cesta de três pontos e errou.

Classificação

Com a vitória valendo dois pontos e a derrota um, a pontuação do NBB ficou assim: 1º – Pinheiros e Flamengo (42 pontos em 23 jogos); 3º – Franca (41 em 22); 4º – Mogi das Cruzes (38 em 23); 5º – Paulistano (35 em 21); 6º – Botafogo (34 em 23); 7º – Minas (34 em 24); 8º – São José, Bauru e Corinthians (32 em 23); 11º – Basquete Cearense e Brasília (31 em 23); 13º – Vasco da Gama e Joinville (28 em 23).

A semana ainda terá outros jogos. Na sexta-feira: Mogi das Cruzes x Botafogo (21h10). No sábado: São José x Franca (14h), Vasco x Flamengo (14h) e Brasília x Pinheiros (18h). Depois, na próxima segunda-feira, dia 18, o São José receberá o Corinthians e na última partida, dia 26, o Paulistano.

Os times

O São José, do técnico Paulo Jaú, começou com: Fabián Sahdi (8 pontos), Schneider (9), Márcio Dornelles (5), Douglas Nunes (17) e Mineiro (7). Entraram durante o jogo: Hélio (3), Vinícius Pastor (5), Pedro (18) e André Coimbra (2). Eugeniuz e Guirro permaneceram no banco. Dedé voltou a ser desfalque por dores no joelho.

O Bauru, do técnico Demétrius Ferracciú, atuou com: Larry Taylor (9), Alex Garcia (6), Jefferson William (21, o cestinha do jogo), Lucas Mariano (16) e Ruiz (13). Entraram durante a partida: Fúlvio (5), Cauê Verzola (3), Gustavo (6), Marcão (4) e Samuel (0). Renato permaneceu no banco.

O trio de arbitragem: Marcos Fornies Brito, Andreia Regina da Silva e Luiz Felipe de Oliveira Silva.

cr_790

Na foto (de Arthur Marega Filho/São José Basketball), Márcio Dornelles tentando dois pontos na derrota para o Bauru.