A previsão foi confirmada, pois a Federação Paulista de Futebol cassou a liminar do Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado de São Paulo e o campeonato do qual participarão o São José e Atlético Joseense, o da Segunda (4ª) Divisão, continuará sendo para jogadores até 23 anos de idade.

No ano passado, o campeonato passou a ser sub-23, pois os times não puderam mais utilizar três jogadores com mais de 23 anos em cada partida. O Sindicato, alegando que a medida fechava postos de trabalho para vários profissionais, procurou a Justiça, mas não conseguiu modificar o quadro.

Para o campeonato desta temporada, a Federação inseriu o “Sub-23” no nome da competição, que passou a ser o Campeonato Paulista Sub-23 da Segunda Divisão. E no Conselho Técnico com os presidentes do clubes participantes, teve a mudança aprovada.

O Sindicato procurou novamente a Justiça do Trabalho e na 11ª Vara de Campinas, conseguiu uma liminar impedindo a Federação de limitar a idade do atletas participantes. A decisão provisória prevaleceu por mais de uma semana, até o final da tarde desta segunda-feira.

No Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, em Campinas, a Federação conseguiu cassar a liminar em uma decisão do desembargador Manoel Carlos de Toledo. Minutos depois, a entidade publicou em seu site o seguinte comunicado:

“O Campeonato Paulista Sub-23 Segunda Divisão vai acontecer de acordo com a vontade dos clubes.

O Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região acolheu o pedido da FPF e suspendeu a liminar obtida pelo Sindicato dos Atletas de São Paulo, que previa a inscrição de atletas acima dos 23 anos na competição.

Com esta decisão, o Campeonato, com início em 7 de abril, acontecerá exatamente como os clubes pleitearam: somente com jogadores Sub-23. A medida dá oportunidade para milhares de jovens atletas atuarem nos campos paulistas.”

Em São José

Quando a liminar surgiu, os dois times de São José dos Campos procuraram a Federação e foram aconselhados a manter o planejamento com jogadores abaixo dos 23 anos.

No São José, o coordenador de futebol Eduardo Ferreira Júnior já havia destacado que uma possível abertura para jogadores mais mais de 23 anos seria explorada somente ao final da fase de classificação. “Cada time poderá trocar quatro jogadores da sua lista de 26 e ainda acrescentar mais quatro. Serão oito vagas disponíveis para alterações no elenco”, explicou o dirigente.

No Atlético Joseense, o presidente Manoel Monteiro, o Café, também concentrava o trabalho no mercado de jogadores com menos de 23 anos, mas atento aos prazos. “Temos até o dia 28 para a inscrição dos jogadores que participarão da primeira rodada. E como a grande maioria dos clubes, não vamos usar todas as 26 vagas disponíveis. Então, ainda sobrarão algumas para serem preenchidas de acordo com as conveniências do momento”, disse o dirigente.

No campeonato

No Grupo 4, São José e Atlético Joseense terão jogos de turno e returno também contra outros seis participantes: Paulista de Jundiaí, Flamengo de Guarulhos, AD Guarulhos, União de Mogi das Cruzes, Atlético Mogi e Amparo. Depois, os três melhores avançarão à segunda fase e o quarto colocado ainda disputará uma vaga por índice técnico.

O São José vai estrear no dia 7 de abril, um sábado, às 20h30, recebendo o AD Guarulhos. O Atlético Joseense, dia 8, domingo, 10h e com visita ao União de Mogi das Cruzes.

cz_549

Na foto (de Tião Martins/TM Fotos), Eduardo Ferreira Júnior em reunião com integrantes da comissão técnica do São José, no campo do clube no conjunto poliesportivo, o Teatrão.