O Atlético Joseense, mandante no confronto regional de domingo, às 10h, no Martins Pereira, contra o São José, confirmou o esquema de ingressos para os torcedores. Nos treinos, os dois times preparam novidades e podem mudar a escalação.

No regionalizado Grupo 5 do Paulista da Segunda (4ª) Divisão, São José, Atlético Joseense e outros cinco concorrentes se enfrentam em turno e returno, disputando quatro vagas. O primeiro confronto entre os dois times de São José dos Campos chegou pela terceira rodada e com mando do Atlético Joseense.

Antes da tabela definitiva do campeonato, a Federação Paulista de Futebol perguntou aos clubes o dia da semana e o horário preferidos para as partidas em casa. Em São José dos Campos, do estádio municipal Martins Pereira, o tradicional São José escolheu o sábado, às 19h. Entre as demais opções, o Joseense ficou com o domingo, às 10h.

Nas suas partidas, o Atlético Joseense decidiu cobrar R$ 20 pelo ingresso de arquibancada e R$ 30 na cadeira. Estudantes, aposentados, professores da rede pública têm direito à meia-entrada, respectivamente R$ 10 e R$ 15.  Os menores de 12 anos, acompanhados de um maior responsável, também entram com meia-entrada.

Em setembro do ano passado, uma lei municipal determinou acesso gratuito aos menores de 12 anos e aos maiores de 65. No entanto, a lei é somente para os jogos do São José e não envolve o Atlético Joseense, o mandante de domingo.

Sem a necessidade de montar e arcar com as despesas de um esquema de venda antecipada de ingressos, já que são raros os seus jogos com público considerável, o Atlético Joseense abrirá as bilheterias somente no domingo e duas horas antes da partida. Consequentemente, o torcedor que chegar a poucos minutos do início do jogo poderá encontrar filas.

cr_105

Preparativos

O São José conseguiu regularizar a documentação do atacante Luan e do lateral-direita Kawan, mas o segundo passou a ser dúvida para domingo. No treino de quarta-feira, ele sofreu uma contusão no tornozelo, está em intensivo tratamento e com poucas chances de recuperação.

Em menos de três rodadas, Kawan é o terceiro problema de contusão enfrentado pelo São José. Na estreia, o meia Mococa sentiu o joelho e ainda não tem data para retornar. Na mesma partida, o atacante Luís Henrique foi atingido no tornozelo e atuou na segunda rodada parcialmente recuperado.

O Joseense não tem desfalques por contusão, mas poderá ter novidades na escalação. O meia Willian e o atacante Wilson foram inscritos, estão com a documentação regularizada e disputam posição na equipe do técnico Rafael Attili.

cr_106

Nas imagens, o Atlético Joseense (foto de Luiz Rodrigues/Cortesia) e o São José (foto de Alendre Silveira) treinando.