Na zona de classificação do Brasileirão de futebol feminino, o São José recebe o amazonense Iranduba na tarde deste domingo, às 15h, no estádio Martins Pereira e precisa vencer para sustentar a posição. Depois de duas derrotas consecutivas e uma mais recente pelo Campeonato Paulista, o time joseense encontra um adversário que reagiu na rodada mais recente.

O Brasileiro da Série A-1 tem os 16 times se enfrentando em turno único. Disputam oito vagas nas quartas de final e correm contra as últimas quatro posições da zona de rebaixamento. Das 15 rodadas programadas, quatro já foram realizadas.

Acumulando vitórias nas duas rodadas iniciais e derrotas nas duas mais recentes, o São José tem seis pontos e divide a sétima posição com o Foz Cataratas-Athletico Paranaense. O Iranduba, com quatro pontos, está na 11ª colocação e pode aproveitar o confronto direto para uma ultrapassagem. A Ponte Preta, que tem a base do desativado Rio Preto, abre a zona de descenso com dois pontos.

Depois de vitórias sobre o brasiliense Minas Icesp e a Ponte Preta, o São José perdeu para o Flamengo e o Internacional. E antes de voltar ao Brasileiro, recebeu o Santos pelo Paulista e também sofreu derrota, domingo passado, por 2 a 1.

Vencendo o Iranduba, o São José abrirá cinco pontos de vantagem sobre o concorrente e, com nove pontos, poderá ganhar algumas posições na classificação. Também partiria mais confiante e menos pressionado para visitar o Corinthians, quinta-feira, dia 25, no Parque São Jorge.

Os times

O técnico Cleber Arildo não antecipou a escalação do São José, mas poderá manter a que começou contra o Santos. A versátil volante Rafa Soares continuaria no lugar da contundida zagueira Dulce e deixando uma espaço no meio-campo para Daiane Godoi.

A provável formação joseense: Zany; Poliana, Nath Rodrigues, Rafa Soares e Tayane; Edna Baiana, Daiane Godoi e Carlinha; Michele Carioca, Fernanda Tipa e Thamirys.

O Iranduba vem animado pela primeira vitória no campeonato, em casa, por 1 a 0, no baiano Vitória. O time poderá contar com a volta da zagueira Jujuba, de contratado renovado. A lateral-esquerda venezuelana Jaylis Oliveros, a Jay, tenta superar uma contusão para também retornar.

Uma provável formação do técnico Igor Cearense: Quézia; Monalisa, Jujuba, Antonia e (Jay ou Sinara); Djeni, Rincón, (Gisele ou Danúbia) e Andressinha; Mayara e (Amanda Brummer ou Paloma).

A equipe de arbitragem, do quadro paulista da CBF: Rodrigo Gomes Paes Domingues (árbitro), Leandra Aires Cossette (assistente 1), Veridiana Contiliani Bisco (assistente 2), Daniel Bernardes Serrano (quarto árbitro) e Kleber José de Melo (analista de campo).

Os jogos do São José Feminino no estádio Martins Pereira têm ingresso solidário. Um produto de higiene vale um ingresso.

cr_095

Na foto (de Gabriel Dantas/São José Futebol Feminino), aquecimento para um treino no Martins Pereira.