No jogo que fechou a segunda rodada do Grupo 5 do Campeonato Paulista da Segunda (4ª) Divisão, o Atlético Joseense fez um gol no último lance da partida e empatou por 1 a 1 quando perdia em casa para o Amparo. O time visitante estava assumindo a liderança isolada.

Com sete equipes se enfrentando e turno e returno, disputando quatro vagas na segunda fase, o Grupo 5 vinha dos seguintes resultados na rodada de abertura: São José 0 x 0 Paulista de Jundiaí, União de Mogi das Cruzes 0 x 0 Atlético Joseense e Amparo 5 x 0 Atlético Mogi das Cruzes.

A segunda rodada começou no sábado com as outras duas partidas: Atlético Mogi 1 x 1 São José e Paulista 3 x 1 Manthiqueira de Guaratinguetá. E na manhã deste domingo chuvoso, em um vazio estádio Martins Pereira, o empate do Joseense com o Amparo, por 1 a 1.

A classificação do grupo ficou assim: 1º – Amparo e Paulista (4 pontos em 2 jogos); 3º – São José e Atlético Joseense (2 pontos em 2 jogos); 5º – União Mogi (1 ponto em 1 jogo); 6º – Atlético Mogi (1 ponto em 2 jogos) e 7º – Manthiqueira de Guaratinguetá (0 ponto em 1 jogo).

A terceira rodada terá dois jogos no próximo sábado, dia 20, às 15h. Em Guaratinguetá, o Manthiqueira receberá o Atlético Mogi e o Amparo terá a visita do União Mogi. No domingo, às 10h, um confronto local no Martins Pereira, onde o Atlético Joseense será o mandante contra o São José.

A partida

Reforçado por quatro jogadores que tiveram a documentação regularizada, o Atlético Joseense teve o atacante Nilto e o volante Igor Paulinelly na escalação inicial do técnico Rafael Attili. O versátil Otávio entrou durante o segundo tempo e o meio-campista Lucas Passos permaneceu no banco de reservas.

Como o Amparo veio animado e confiante pelos 5 a 0 da estreia, o jogo foi bem disputado e equilibrado. Os dois times buscaram a abertura do placar e depois de algumas chances alternadas, os visitantes conseguiram, aos 35 minutos do segundo tempo. Em uma falta cobrada da esquerda, com levantamento em diagonal, uma cabeçada da segunda trave deixou a bola na pequena área e Victor colocou para dentro.

Mesmo pressionado e sem muito tempo para reagir, o time atleticano foi recompensado pela insistência. Aos 48 minutos, em uma falta frontal e da meia esquerda, o lateral-direito André fez uma cobrança perfeita. Ele mandou por cima da barreira, no ângulo direito e com a bola ainda resvalando na mão do goleiro e tocando na trave antes de entrar.

Os times

O Atlético Joseense, do técnico Rafael Attili, jogou com: Guilherme Almeida; André, Giovanni (Vinícius 17´/2º), Guilherme e Diego; Igor Paulinelly, Luiz Carlos, Daivid e Lucas Ferreira; Igor Nazaret (Otávio 29´/2º) e Nilto (Wesley 27´/2º).

O Amparo, do técnico Ricardo Santos, jogou com: Iago; Davi (Rafael 28´/1º), Mateus, Murylo Benini e Maicon; Gustavo, Leo Bruno, Bruno (Victor 22´/2°) e Rafael Yuri (Senegal – intervalo), Laurinho e Mayco.

A equipe de arbitragem contou com: Felipe Barros (árbitro), Adriano Stange (assistente 1), Fabrini Bevilaqua Costa (assistente 2) e Matheus Delgado Candançan (quarto árbitro).

cr_140

Na foto (Jogando Juntos), o Atlético Joseense atacando o Amparo durante o segundo tempo.