O Barcelona venceu a Real Sociedad por 2 a 1, em casa, e deu mais um passo rumo ao título do Campeonato Espanhol. Com o resultado da partida válida pela 33ª rodada, o time catalão ampliou sua vantagem na ponta e chegou aos 77 pontos, nove à frente do vice-líder Atlético de Madrid, que também venceu neste sábado. O terceiro colocado é o Real Madrid, que recebe o Athletic de Bilbao no domingo, às 11h15.

A vitória do time de Lionel Messi teve artilheiros improváveis. Primeiro o zagueiro francês Clement Lenglet, depois o lateral-esquerdo espanhol Jordi Alba. Pelo lado dos visitantes, quem marcou foi o atacante Juanmi, também da Espanha.

A equipe comandada por Ernesto Valverde teve o volante brasileiro Arthur como titular. No segundo tempo, ele deu lugar a Sergio Busquets. Já Philippe Coutinho começou no banco, mas entrou na etapa complementar, na vaga de Ousmane Dembélé.

O meia-atacante da seleção brasileira foi pivô de polêmica na última terça-feira, após xingar a torcida na comemoração de seu gol contra o Manchester United, em vitória por 3 a 0 pelas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa. Valverde disse que não via problemas na atitude do atleta, mas a imprensa espanhola não poupou críticas, classificando o gesto do camisa sete como "falta de respeito".

O ponta Malcom ficou no banco dos mandantes durante toda a partida, enquanto o centroavante Willian José jogou os 90 minutos pela Real Sociedad, perdendo boa chance na etapa inicial.

O Barcelona precisou de todo o primeiro tempo para abrir o placar. O atacante uruguaio Luis Suárez até tentou inaugurar o marcador aos 13 minutos, mas parou no goleiro Geronimo Rulli. Artilheiro do campeonato com 33 gols, Messi teve boa chance aos 26 minutos, quando chutou da entrada da área, mas a bola pegou na rede pelo lado de fora. A dupla ofensiva ainda criaria mais duas chances, mas o arqueiro da Sociedad foi bem para evitar o 1 a 0.

Aos 44, porém, veio o gol dos mandantes: Dembélé cobrou escanteio pela esquerda e Lenglet subiu no terceiro andar para cabecear para as redes e marcar seu primeiro gol pelo clube. Providencial para o Barcelona, que foi tranquilo para o intervalo com a vantagem no placar.

No começo da etapa complementar, o time catalão quase ampliou: aos 12, Dembélé recebeu de Messi pela esquerda e chutou de primeira, tirando tinta da trave. Quem marcou, porém, foi a Real Sociedad, três minutos depois. Juanmi recebeu dentro da área, bateu na saída do goleiro Ter Stegen e igualou o marcador no Camp Nou.

Entretanto, a reação dos visitantes foi prontamente abafada. Logo aos 18, veio o 2 a 1, com novo passe de Messi: ele entregou para Alba, que puxou para o meio e bateu com a perna direita no cantinho para recolocar o Barcelona em vantagem. Messi agora tem 13 assistências na temporada, igualando o inglês Jadon Sancho, do Borussia Dortmund, como jogador mais passes nas cinco maiores ligas da Europa.

Após o segundo gol, o Barcelona controlou bem a partida, garantindo importante vitória na caminhada para o título do campeonato.

Na próxima rodada, o Barcelona vai encarar o Alavés fora de casa, na terça-feira, às 16h30. Já a Real Sociedad recebe o Villarreal em casa, na quinta-feira, às 15h30. O time de Lionel Messi também está na final da Copa do Rei, pela qual enfrenta o Valencia no fim de maio.

OUTROS JOGOS - Além das vitórias de Barça e Atlético de Madrid, outros dois jogos foram disputados neste sábado pelo Espanhol. Em um deles, o Celta venceu o Girona por 2 a 1, em Vigo, e ganhou fôlego ao se distanciar da zona de rebaixamento e assumir o 14º lugar, com 35 pontos. E a equipe ultrapassou justamente o Girona, agora 15º colocado, com 34 pontos.

Já no duelo entre os dois últimos da tabela, o vice-lanterna Rayo Vallecano ficou no 0 a 0 com o lanterna Huesca, em casa. Assim, segue apenas dois pontos à frente do rival (28 a 26) após o confronto que teve resultado que pôde ser considerado ruim para as duas equipes, que seguem em situação delicada na luta para não cair.