Envie sugestões para circuitoturisticormvale@meon.com.br

Potim

Mapa

Lista

Fio marrom turismo circuito turistico

Igreja Matriz Potim

Igreja Matriz

Guia Vale do Paraíba

Localizada na microrregião de Guaratinguetá, a apenas 4km de Aparecida, Potim é uma cidade que desperta a simpatia de qualquer visitante à primeira vista, devido às suas grandes belezas naturais. A cidade abriga em sua maioria, pessoas simples e hospitaleiras, típicas das cidades do interior. Potim é um lugar agradável, propenso ao descanso e ao relaxamento para quem deseja a tranquilidade do interior. Apesar do sossego, a cidade possui manifestações culturais tradicionais, em sua maioria, religiosas, típicas da região, e também a Festa do Peão de Potim que acontece anualmente em maio, contando com vários shows, barracas de comidas típicas e parque de diversões, a festa, que abre o circuito de rodeios da região, é uma ótima pedida para quem gosta de um agito.

Fio marrom turismo circuito turistico

Potim

História

Potim, que está a menos de dois quilômetros de Aparecida, separado apenas pelas águas do Rio Paraíba do Sul, foi vilarejo, bairro e distrito de Guaratinguetá, por centenas de anos. Nosso povoado desenvolveu-se lentamente, no entorno da Matriz Bom Jesus, na crença e nos milagres atribuídos ao nosso Santo Padroeiro, nos idos do século XVI, quando era uma vila de pescadores e de trabalhadores rurais. Sendo em um dos momentos do processo de Independência do Brasil, o bairro maior produtor de mandioca de Guaratinguetá. Foi ainda neste período, produtor de café, açúcar, rapadura, milho, feijão. Enquanto Aparecida vivenciava a fé e os milagres atribuídos ao encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, no Rio Paraíba, Potim vivia a experiência de crescer a partir da praça, primeiramente, com a vinda da imagem de Bom Jesus, trazida de Portugal pelo fazendeiro Miguel Corrêa dos Ouros e sua esposa, Isabel Pereira dos Ouros. A imagem era muito venerada pelos moradores locais e como as visitas estavam se intensificando em sua residência, eles pediram a Diocese de São Paulo para que fosse construído uma capela ao Bom Jesus. Feita de pau-a-pique, a capelinha teve sua primeira missa em 16 de agosto de 1772. Recebida com festas e rojões as mudanças foram acontecendo ano a ano, com a benção do adro da capela, o cemitério, os novos moradores, a fé contínua e após dois séculos e meio, a Matriz no estado em que se encontra hoje, com vitrais, decoração necoclássica e interior acolhedo.

Somente no ano de 1966, o então Governador do Estado, Ademar de Barros Filho, inaugurou a ponte de concreto armado. Neste período a expansão territorial de Potim sofreu forte aumento, devido principalmente a falta de oferta de terras na vizinha Aparecida. Assim, a cidade foi se desenvolvendo além dos limites do entorno da Praça da Matriz, atingindo atualmente 24 mil habitantes. A ponte de concreto armado também apresentou problemas de estrutura que perdura até hoje e possui limitação de tráfego, isso provocou a vinda de uma nova ponte, mais moderna e segura, isso já nos anos 90. A nova ponte trouxe consigo a esperança de novos tempos e um portal foi construído bem na entrada da cidade, isso nos anos 2000. O portal, considerado a principal porta de entrada da cidade, também oferece a primeira e bela vista da vizinha Aparecida, enquadrando na saída o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida. A nova história conta agora que em poucos anos o município recererá um viaduto que ligará a cidade direto com a Rodovia Presidente Dutra. Mais uma vez, um novo caminho, uma nova história. Potim considera o dia 19 de maio como data comemorativa de seu aniversário. Neste dia, em 1991, 2.467 pessoas votaram sim pra a independência de Guaratinguetá. Votaram contra apenas 91 pessoas, houve 27 votos nulos e 1.216 pessoas não compareceram. No dia trinta de dezembro de mil novecentos e noventa e um, o Governador do estado de São Paulo, Luiz Antonio Fleury Filho, sancionou a Lei n.º 7664/91, que oficializou legalmente a emancipação do antigo Distrito de Potim do Município de Guaratinguetá. Gilberto Alves Lino, o último subprefeito, foi o elo administrativo entre a Administração Municipal de Guaratinguetá e a Comissão Emancipadora, no período de transição até a posse do primeiro Prefeito eleito pelo povo, Élio Andrade Nogueira, ocorrida em 1 de janeiro de 1993, quando começou a primeira Gestão Executiva do novo Município de Potim, recém emancipado de Guaratinguetá.

Fonte: www.potim.sp.gov.br/

Potim

Raio X

Prefeito
Erica Soler Santos de Oliveira (2017-2020)

População
População estimada [2018]: 24.143 pessoas   População no último censo [2010]: 19.397pessoas  

Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]: 2,3 salários mínimos   Pessoal ocupado [2016]: 1.479 pessoas   População ocupada [2016]: 6,5 %  

Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]: 99,3 % Ideb – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]: 5.1% Ideb – Anos finais do ensino fundamental [2015]: 4%  

Economia
PIB per capita [2015]: R$ 8.531,47 Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]: 90,8 %   Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]: 0.697  

Saúde
Mortalidade Infantil [2014]: 14,98 óbitos por mil nascidos vivos   Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]: 5 estabelecimentos

Mapa

Raio x

Fio marrom turismo circuito turistico

Banner Circuito Turistico RMVale Turismo