bosque_2

Lago com carpas no Bosque da Princesa

Divulgação/Departamento de Cultura de Pindamonhangaba

O Bosque da Princesa em Pindamonhangaba foi criado em 1868, no antigo local do Largo do Porto, onde funcionava um porto fluvial que foi fechado após a construção da ferrovia. O bosque abriga espécies nativas e também exóticas, originais do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, trazidas especialmente por Dom Pedro II. Em 1970, foram construídos o parque infantil, sanitários, três lagos, coreto e bancos. Há também a Biblioteca Municipal, considerada uma das melhores do Estado de São Paulo.

O Bosque da Princesa é conhecido também pela ‘figueira torta’, árvore onde muitos casais se encontravam, e contam os moradores que se encostavam na árvore para fugir dos olhares de curiosos. Com o passar dos anos a figueira foi entortando cada vez mais.

A entrada no bosque é gratuita, e ele fica aberto diariamente.

Horário de funcionamento:
Segunda a domingo: 7h às 20h
Endereço: Rua Barão De Pindamonhangaba, Pindamonhangaba – SP