Envie sugestões para circuitoturisticormvale@meon.com.br

Monteiro Lobato

Fotos

Fio marrom turismo circuito turistico

Lista

Fio marrom turismo circuito turistico

Apresentação

Fio marrom turismo circuito turistico

Renata Santos

 

História

Antes de se chamar Monteiro Lobato, o município teve quatro denominações: Freguesia das Estacas, Freguesia de Nossa Senhora do Bonsucesso do Buquira, Vila das Palmeiras do Buquira e Vila do Buquira.
Na língua tupi, Buquira quer dizer Ribeirão dos Pássaros. O povoado de Buquira foi criado em território de Caçapava e Taubaté sob a invocação de Nossa Senhora do Bonsucesso.

Sob o aspecto eclesiástico, a povoação foi elevada à Freguesia e Distrito de Paz em 25 de abril de 1857, e incorporada ao município de Taubaté.

Buquira só ascendeu à condição de Vila em 26 de abril de 1880 e, depois, a de cidade, em 19 de dezembro de 1900, criada através de lei estadual.

Reduzida à condição de distrito em 1934, esta foi incorporada ao município de São José dos Campos, do qual finalmente se emancipou em 1948. Um ano depois ganhou o nome de Monteiro Lobato.

O nome é uma homenagem ao eminente escritor José Bento Monteiro Lobato que na fazenda do Buquira iniciou sua brilhante carreira literária escrevendo os admiráveis contos de Urupês. Mais tarde a fazenda do Buquira passou a se chamar Fazenda do Visconde e, depois, Sítio do Pica-pau Amarelo, que até hoje atrai grande número de turistas.

O aniversário de Monteiro Lobato é comemorado no dia 26 de abril.

Fundadores

No que se refere à aldeia, não há registro histórico de um fundador. Presume-se que, mandados por Jacques Félix, alguns bandeirantes em direção a Minas Gerais tenham montado passagem onde atualmente é o centro urbano da cidade.

Levando-se em conta a criação da Freguesia, nos anos 40 do século 19, os fundadores seriam os doadores das terras para a formação do patrimônio da Freguesia de Nossa Senhora do Bonsucesso, a saber: Anna Martins da Rocha, comendador José Manoel Freire, capitão Francisco Alves Fagundes e Luciano José das Neves, cujas escrituras de doação estão transcritas no livro “História do Município de Monteiro Lobato”, do jornalista e historiados Geraldo Moacir Marcondes Cabral.

Monteiro Lobato

Raio x

Prefeito

Daniela De Cássia Santos Brito (2017-2020)

População
População estimada [2018]: 4.608 pessoas   População no último censo [2010]: 4.120pessoas  

Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]: 2,0 salários mínimos   Pessoal ocupado [2016]: 851 pessoas   População ocupada [2016]: 18,9 %  

Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]: 95,5 % Ideb – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]: 6.8   Ideb – Anos finais do ensino fundamental [2015]: 4.7  

Economia
PIB per capita [2015]: R$ 12.150,69 Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]: 92,5 %   Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]: 0.710  

Saúde
Mortalidade Infantil [2014]: 54,55 óbitos por mil nascidos vivos   Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]: 2 estabelecimentos

Hino

A Senhora do Bonsucesso, É a tua leal padroeira, Oh! Jóia preciosa! Da Serra da Mantiqueira. Na trilha dos bandeirantes, Reluzente igual safira, Nasceste fulgurante, Com o nome de Buquira.

Tens a honra de ser a mãe, Da mais famosa filha, No teu seio de magia, Nasceu a boneca “Emília”. És uma terra privilegiada, Um paraíso tão belo, De um “Sitio Encantado, Do Pica Pau Amarelo”.

Meu torrão amado, De encanto e rara beleza, Por Deus és abençoada, Oh! Cidade Natureza.

Por Deus és abençoada, “Cidade Natureza”. No ponteado da viola, E na culinária saborosa, Faz de ti, Monteiro Lobato, A Cidade mais formosa. Teu povo é tão contente, Neste solo de Buquira, Preserva as tradições, Da tua raiz caipira.

Repleta de encantamento, És lindo cartão postal, Da literatura infantil, Sois majestosa capital. Lobato te engrandeceu, Com reluzentes fanais, No brilho forte e perene, De suas obras imortais.

Fio marrom turismo circuito turistico

Banner Circuito Turistico RMVale Turismo