luiz_5

Ingressos devem ser retirados uma hora antes do início do espetáculo

Foto: Divulgação

 

A 14ª Mostra de Artes Cênicas de Jacareí apresenta o espetáculo “Procurando Luiz” nesta sexta (9) às 14h, e neste sábado (10) às 16h, com entrada gratuita, na Sala Ariano Suassuna, em Jacareí.

Visto e aplaudido por quase 20 mil espectadores desde sua estreia em 2014 e com o reconhecimento da crítica especializada, o espetáculo infantil “Procurando Luiz”, inspirado na obra do Rei do Baião, Luiz Gonzaga (1912-1989), está de volta ao estado de São Paulo. A montagem fará duas apresentações em Jacareí, dias 09 e 10 de agosto, no Teatro EducaMAIS, na Sala Ariano Suassuna, integrando a programação da 14ª Mostra de Artes Cênicas da cidade.

Jacareí abre a turnê que o espetáculo fará por sete cidades do interior de São Paulo, por meio do ProAC – Programação de Ação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura (SP).

Vale ressaltar que esta nova temporada ocorre quando se relembram os 30 anos da morte de Luiz Gonzaga, além de marcar os 70 anos da composição de seu primeiro forró, a música “Forró do Mané Vito”, escrita em 1949 em parceria com Zé Dantas.

Oficina

Além de assistir ao espetáculo, o público de Jacareí terá a oportunidade de participar de uma oficina no dia 10 de agosto, às 11h, com entrada gratuita, em que o elenco dará detalhes de toda a pesquisa e processo criativo de 2 anos para a montagem de Procurando Luiz.

A oficina é composta de vivência em musicalidade, criação teatral e todo o processo de pesquisa, que inclui jogos teatrais, corporais e musicais, sempre respeitando os limites individuais dos participantes, sejam eles jovens ou adultos. O encontro é voltado a artistas, grupos, educadores, estudantes e interessados em geral, que poderão inclusive sugerir atividades conjuntas, proporcionando integração e intercâmbio de linguagens, fortalecendo e estimulando a participação e troca de experiências.

Espetáculo

Procurando Luiz é uma montagem do Grupo Cena Teatral, com concepção de Roberto Haathner, direção de Gustavo Kurlat e dramaturgia de Paulo Rogério Lopes. Com elenco formado pelos atores Roberto Haathner, Bruno Perillo e Iris Yasbek, o espetáculo reúne causos, brincadeiras populares e referências ao Nordeste brasileiro, ressaltadas pelos cenários, figurinos e adereços de Marco Lima e pelo projeto de luz de Kleber Montanheiro. De forma lúdica, esses elementos são capazes de entreter não só o público infantil como espectadores de todas as idades, despertando em cada um a nostalgia, o respeito e a saudade deste grande ícone.

Vale destacar ainda que a montagem foi indicada em cinco categorias do prêmio FEMSA 2014, principal premiação de para o teatro para crianças e jovens de São Paulo: Espetáculo Jovem, Figurino, Iluminação, Trilha Sonora Adaptada e Atriz Coadjuvante.

Concepção

A montagem do Grupo Cena Teatral traz como temas principais a amizade e a superação, fazendo alusão à obra de Luiz Gonzaga como o voo da Asa Branca, passagens pelo sertão do Cariri e o Riacho da Brígida, além da presença constante da Lua. De maneira poética, lúdica e bem-humorada, o espetáculo mergulha no imaginário popular com canções – parte interpretada ao vivo – e referências ao Nordeste brasileiro. “A principal mensagem para o público, principalmente o infantil, é a superação do medo, a coragem, a perseverança e a amizade que norteiam toda a dramaturgia”, explica Gustavo Kurlat.

Sinopse

 Luiz e João são amigos inseparáveis, que moram no sertão e vivenciam uma amizade verdadeiramente infantil, sacramentada em um pacto: independente da distância ou do tempo passado, se um dia tivessem que se separar, se reencontrariam no riacho da Brígida, no sertão do Araripe. Um dia Luiz conta a seu amigo que terá que se mudar para outro lugar em busca de melhores oportunidades de vida, pois a seca castigava tudo e todos: seguiria com sua família o rumo da Asa Branca.

O tempo passa. João recebe a triste notícia que seu amigo deixou de viver neste mundo, e decide fazer valer o pacto. Como nunca havia deixado o povoado, decide inventar uma história e diz à filha, Das Dores, que está ficando cego e só poderá se curar se ficar uma noite inteira olhando para a lua cheia. Os dois partem e no percurso ganham companhia: um moço que também diz estar em busca de algo especial e que tem uma missão a cumprir.

Cangaceiros, dragões, desafios e surpresas – como uma flor milagrosa de Acácia Amarela, que pode curar os males do corpo e da alma – surgirão nesta jornada em que medos, sonhos e superação caminham juntos. Uma jornada misteriosa e, principalmente, divertida.

 Serviço

Espetáculo “Procurando Luiz”

Local Sala Ariano Suassuna

Dia 09/08 (sexta-feira) às 14h

Dia 10/08 (sábado) às 16h

Classificação livre

Ingressos devem ser retirados uma hora antes do início do espetáculo