Envie sugestões para circuitoturisticormvale@meon.com.br

banner_turismo_01

Conheça Arapeí

arapei_cachoeira_da_gruta_fotohome_divulgacao_pma


Arapeí, oásis verde guarda cavernas e cachoeiras

arapei_vista_geral_da_cidade_1

Arapeí fica na Serra da Bocaina, perto da divisa com o estado do Rio de Janeiro, e integra o chamado Vale Histórico, região que abrange também os municípios de Areias, Bananal, Queluz, Silveiras e São José do Barreiro.

A cidade, que foi distrito de Bananal até 1991, ainda preserva prédios com a arquitetura que marcou o rico período cafeeiro e as tradições tropeiras. Mas são as belezas naturais que mais encantam os visitantes da pequena cidade.

Com muitas cachoeiras, cascatas, trilhas, fazendas e até cavernas, Arapeí é cenário ideal para os turistas que procuram contato com a natureza --é possível desfrutar de agradáveis passeios com a família até esportes e trilhas mais radicais, que podem ser percorridas a pé, de bicicleta ou carro 4x4.

Nesses trajetos o visitante pode observar (observar, mas não retirar ou destruir) as preciosidades que a vegetação da Mata Atlância oferece, como raras orquídeas e bromélias, árvores como Pau Brasil, e muitas plantas nativas desta região.

Entre os atrativos turísticos, estão cachoeiras e cascatas com piscinas de águas claras e areia fina, fazendas históricas, picos para escalada e vista privilegiada da região e a Caverna de Alambary, repleta de estalactites e estagmitites e cortada por um grande córrego de águas cristalinas.


Arapeí

História da cidade

Arapeí teve sua origem na 9ª Sesmaria de Bananal, constituindo um dos pontos do Caminho Novo criado para escoar a produção do Brasil colônia. Em 1783, o governo colonial  decidiu povoar o Caminho Novo de ligação para o Rio de Janeiro e para as Minas Gerais. Com isso, o Capitão-Mór Manoel da Silva Reis recebeu a missão de distribuir a pessoas de sua confiança 13 sesmarias criadas na região. A 9ª sesmaria, no rio Bananal, foi destinada a João Barbosa de Camargo.

Emancipação foi decidida por plebiscito

em 1991

O povoado, então denominado Alambari, atingiu seu apogeu no Ciclo do Café (século XVIII), época em que teve relevante papel no Vale do Paraíba, integrando o poderio econômico dos barões do café de Bananal. Com a queda de produtividade nos cafezais da região no final do século XIX, passou a basear sua economia na pecuária leiteira.

Em 1891, foi elevado a distrito de Bananal com a denominação de Alambari (ex-povoado), mas perdeu o status no ano seguinte. Somente em 1944, voltou a ser distrito,mas desta vez com a denominação de Arapeí, aindasubordinado ao município de Bananal. 

Em 19 de maio de 1991, foi desmembrado de Bananal após ter sua emancipação decidida em um plebiscito que beirou os 100% dos eleitores. A data do plebiscito foi escolhida para celebrar o aniversário da cidade.

Raio-X de Arapeí

Igreja de Santo Antônio em Arapeí - Pref

Igreja de Santo Antônio, em Arapeí, tem decoração em estilo mourisco 

Divulgação/PMA


Prefeito

Edson André de Souza (2017-2020) 

População

População estimada [2017]: 2.509 pessoas
População no último censo [2010]: 2.493 pessoas

 

Trabalho e Rendimento

Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2015]: 1,8 salários mínimos
Pessoal ocupado [2015]: 405 pessoas

 

Educação

Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]: 98,7 %
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]: 5.7
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]: 4.2  

 

Economia

PIB per capita [2015]: R$ 9.593,42
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]: 0.680

Saúde

Mortalidade Infantil [2014]: 0 óbitos por mil nascidos vivos
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]: 2 estabelecimentos

banner_turismo_01