Envie sugestões para circuitoturisticormvale@meon.com.br

Banner Circuito Turistico RMVale Turismo

Fio marrom turismo circuito turistico

Conheça Aparecida

Fio marrom turismo circuito turistico

Aparecida, uma cidade que nasceu da fé de um povo

Vista Geral de Aparecida do Morro do Cruzeiro - Foto Divulgação

Do Morro do Cruzeiro é possível ter uma vista panorâmica da cidade de Aparecida

Arquivo/Meon

Aparecida é o destino de turismo religioso mais visitado do Brasil e integra quatro roteiros do mapa turístico do Estado de São Paulo: Caminho da Fé, Roteiro da Fé, Circuito Turístico Religioso e Circuito da Estrada Real. A cidade abriga o Santuário Nacional de Aparecida, maior templo mariano do mundo, que recebe cerca de 13 milhões de visitantes por ano (número registrado em 2017).

Em um dia é possível conhecer os principais pontos turísticos de Aparecida, principalmente se o visitante optar por uma data que não coincida com eventos tradicionais, quando é possível circular pela cidade com mais tranquilidade.

Um 'tour' dentro do Santuário é obrigatório. No templo, além da imagem de Nossa Senhora Aparecida, retirada do rio Paraíba em 1717, o roteiro inclui o Museu Nossa Senhora Aparecida, a Capela das Velas, a Sala de Promessas e a ampla área de alimentação e lojas de lembrancinhas.

No pátio do Santuário, o visitante também tem muitas opções, como conhecer o Morro do Presépio e a Passarela da Fé, que liga a Basílica Nova à Basílica Velha, o Museu de Cera, ou seguir de bondinho aéreo até Morro do Cruzeiro. O roteiro turístico de Aparecida ultrapassa os portões do Santuário Nacional.

Durante a visita à cidade, os turistas podem aproveitar para conhecer a Basílica Velha, igreja em estilo barroco inaugurada em 1745; a Igreja de São Benedito, inaugurada em 1924; o Porto do Itaguaçu, onde foi encontrada a imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, e o Seminário e Pousada Bom Jesus, uma construção de 1894.

Grande parte dos visitantes passa apenas um dia na cidade, mas para aqueles que pretendem ficar mais tempo, Aparecida oferece uma ampla rede de hotéis e restaurantes. Há muitas opções com preços populares, a maioria com acesso fácil ao Santuário Nacional.

Fio marrom turismo circuito turistico

aparecida_basilica_novafoto_ivan_simas_a12

Santuário Nacional de Aparecida recebeu 13 milhões de devotos em 2017

Divulgação/A12

História

A história da cidade de Aparecida está diretamente ligada à história da imagem da Padroeira, que deu origem a uma trajetória de fé e devoção.

Tudo começou em 1717, quando os pescadores João Alves, Felipe Pedroso e Domingos Garcia foram encarregados de conseguir peixe para o banquete que estava sendo preparado para o Conde de Assumar,  que seguia  para Vila Rica (atual Ouro Preto) e parou para descansar na então Vila de Santo Antônio de Guaratinguetá.  

Após várias tentativas sem conseguir nenhum peixe, eles puxaram a rede  trazendo do fundo das águas do rio Paraíba uma imagem  do corpo de Nossa Senhora da Conceição, sem a cabeça. Pouco mais a frente, lançaram novamente a rede, que voltou sem peixe, mas para surpresa dos pescadores, trouxe a cabeça da santa.  A partir daquele momento, as redes voltaram cheias de peixes. 

Aparecida se emancipou de  Guaratinguetá em 1928

Antes de levarem os peixes para o banquete, entregaram os pedaços da estátua a Silvana da Rocha Alves, esposa de Domingos, que reuniu as duas partes com cera e colocou a imagem num pequeno altar na casa da família, agradecendo a Nossa Senhora o milagre dos peixes. Nascia ali uma devoção, reunindo todos os sábados os moradores da região para rezarem o terço e cantarem a ladainha.

A imagem que apareceu das águas ficou abrigada durante anos na casa da família do pescador, até que, em 1745, foi construída uma capela no Morro dos Coqueiros, onde hoje está localizado o Porto Itaguaçu.

Os frequentes relatos de milagres atribuídos à Santa fizeram com que fosse criada uma freguesia de Guaratinguetá, batizada de Aparecida. Devido à intensa peregrinação de fiéis, a capela foi ampliada e, em 1888, Nossa Senhora Aparecida e a Vila de Aparecida ganharam uma igreja maior, conhecida hoje como Basílica Velha ou Matriz Basílica. Em 1928, a Terra da Padroeira finalmente conseguiu sua emancipação de Guaratinguetá, e sua história de fé prosseguiu com a construção, em 1955, do Santuário Nacional, segunda maior basílica e maior santuário mariano do mundo. 

Raio-X

igreja_de_sao_benedito_aparecida

Igreja de São Benedito, palco da festa centenária que reúne grupos de jongo e congada de várias cidades

Divulgação/PMA



Prefeito
Ernaldo Cesar Marcondes (2017-2020)

População
População estimada [2017]: 36.279 pessoas  
População no último censo [2010]: 35.007 pessoas  
 

Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2015]: 2,0 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2015]: 13.429 pessoas  
População ocupada [2015]: 37,1 %  
 

Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]: 98,4 %  
Ideb - Anos iniciais do ensino fundamental [2015]: 6.2  
Ideb – Anos finais do ensino fundamental [2015]: 4.7  

Economia
PIB per capita [2015]:  R$ 25.654,78   
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]: 0.755

Saúde
Mortalidade Infantil [2014]: 
9,63 óbitos por mil nascidos vivos  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]: 
12 estabelecimentos

Fio marrom turismo circuito turistico

Banner Circuito Turistico RMVale Turismo